Siga-nos
exclusivo!

Vídeos

Pedro Munhoz sugere mudança no sistema de pesagem oficial do UFC

Pedro Munhoz é o atual sétimo colocado no ranking peso-galo do UFC – Gaspar Bruno

Atual número sete do ranking peso-galo (61 kg) do UFC, Pedro Munhoz descarta qualquer possibilidade de descer para o peso-mosca (57 kg), onde talvez encontrasse menos concorrência e encurtasse o caminho para o cinturão. A razão para essa decisão, no entanto, vai além do fato de já estar bem posicionado na lista top 15 de sua categoria. Em entrevista ao vivo pelo ‘Youtube’ à reportagem da Ag. Fight (veja abaixo ou clique aqui), o paulista se mostrou preocupado com os efeitos causados na saúde pelo atual sistema de pesagem do Ultimate e aproveitou para sugerir um novo modelo, que, segundo ele, seria mais seguro para os lutadores.

Visivelmente preocupado com o modelo atual de pesagem da maioria dos eventos, que leva os atletas a desidratarem ao máximo seu corpo para atingir o limite exigido por suas categorias um dia antes da luta, Pedro relembrou que essa prática – atrelada também ao ganho rápido de peso após a subida na balança – já provocou casos sérios de problemas de saúde em lutadores, e inclusive alguns óbitos ao redor do mundo.

A solução, segundo ele, seria a implementação de um protocolo menos agressivo, como o utilizado por algumas organizações de MMA asiáticas, onde o atleta precisa subir à balança na véspera e no dia da luta e se enquadrar dentro do mesmo limite de peso. Com isso, a desidratação extrema do corpo seria dispensada, a reposição de peso seria menor e os lutadores competiriam mais próximos de seu peso natural.

“Definitivamente é um protocolo que as pessoas iriam sofrer menos no futuro, no fato de uma perda de peso errada. Se as pessoas estão vendo isso como uma forma de vantagem, a pessoa desidratar e depois subir com tudo e lutar bem mais pesado, acho que seria outra forma de banir isso daí. Outra coisa é a questão da saúde, porque eu acho que os últimos três, quatro pounds que a gente tira não tem necessidade. O meu oponente está passando pelo mesmo, então por que a gente não sobe (o limite), muda algumas regras, em questão de pesar hidratado? Eu acho que você teria que treinar e viver mais ou menos próximo do peso que você luta”, sugeriu Pedro.

No MMA profissional desde 2009, Pedro Munhoz soma 18 vitórias, quatro derrotas e um ‘no contest’ (luta sem resultado) em seu cartel. Vindo de derrota para Aljamain Sterling em junho do ano passado, no UFC 238, o paulista ainda aguarda a definição de seu próximo oponente por parte da organização.

Mais em Vídeos