Siga-nos
Diego Ribas/PxImages

UFC

Usman admite desconforto por nocautear ‘Durinho’ e consola ex-companheiro

Companheiros de equipe durante muitos anos, Kamaru Usman e Gilbert ‘Durinho’ dividiram inúmeras sessões de treino e ajudaram um ao outro a atingir o auge de suas carreiras. Porém, como em um roteiro de filme hollywoodiano, o destino tratou de encaminhar o fim da parceria entre eles e colocou os dois frente a frente no octógono do UFC 258, no último sábado (13), com o cinturão dos meio-médios (77 kg) em jogo.

Vitorioso no duelo contra o ex-companheiro de treinos, Usman admitiu – em entrevista coletiva pós-show – que, apesar de tratar o brasileiro como outro rival qualquer, se sentiu desconfortável ao nocauteá-lo, justamente pelo passado construído juntos. O campeão ainda exaltou a trajetória de ‘Durinho’ e se disse orgulhoso do antigo colega.

“Essa foi difícil para mim. Porque Gilbert é alguém que cresceu junto comigo no esporte e era alguém que dividia um objetivo em comum comigo. Quando eu piso lá dentro, não existem amigos. Como ele mesmo disse, eu tinha algo que ele queria e ele viria pegar. Então, eu tinha que entrar lá dentro e resolver o assunto. Mas uma vez que a luta tinha acabado, eu tive que ir até ele e percebi que tinha feito isso a alguém com quem eu tinha passado tempo, alguém com quem eu me importo. Eu me importo com os filhos dele, eu os vi crescer. E foi muito difícil para mim, ter que fazer isso com ele”, ponderou Kamaru, antes de continuar.

“Foi difícil para mim. Primeiro eu quero dizer que estou orgulhoso de Gilbert, eu estou muito orgulhoso dele. Porque muitas pessoas meio que descartaram ele depois que ele sofreu aquele nocaute no peso-leve. Mas ele se recompôs, subiu uma categoria de peso e atravessou por essa divisão. Ele merecia estar lá dentro comigo esta noite. E eu estou extremamente orgulhoso dele por isso, e isso é parte da razão pela qual essa foi difícil para mim”, afirmou.

O apoio de Usman ao ex-companheiro também pôde ser visto através de suas redes sociais. Em uma publicação na sua conta oficial no ‘Twitter’ (veja abaixo ou clique aqui), o campeão reiterou o mérito do brasileiro que o levou à disputa de título e afirmou que, depois dele, ‘Durinho’ é o melhor lutador da categoria.

“Você merecia estar lá dentro comigo. Você é o segundo melhor na divisão”, escreveu Kamaru.

Com a vitória sobre ‘Durinho’, Kamaru Usman quebrou o recorde de vitórias consecutivas na história da divisão dos meio-médios no UFC, que era dividido por ele e pelo ex-campeão Georges St-Pierre. Agora, o nigeriano detém a marca de forma isolada com 13 triunfos seguidos na categoria.

Mais em UFC