Siga-nos
exclusivo!
Diego Ribas/PxImages

UFC

Treinador nega interferência do corner em golpe ilegal aplicado por Petr Yan no UFC 259

Bastante aguardada, a disputa pelo título peso-galo (61 kg) do Ultimate, entre o então campeão Petr Yan e o desafiante Aljamain Sterling, pelo card do UFC 259, realizado no último sábado (6), em Las Vegas (EUA), terminou em um verdadeiro anticlímax, após o russo aplicar um golpe ilegal no quarto round que resultou na sua desqualificação e na perda do cinturão. A situação repercutiu de forma imediata na comunidade do MMA, especialmente depois que os comentaristas da transmissão oficial indicaram uma possível interferência negativa, causada por falha de comunicação, por parte do corner do lutador europeu no momento da infração.

Logo após o ocorrido, Joe Rogan, comentarista oficial do UFC, afirmou ter visto Yan questionando seu corner e, supostamente, recebendo o sinal verde para aplicar a joelhada em Sterling, mesmo com o adversário tendo seus joelhos apoiados no solo, o que vai contra as regras. A hipótese também foi levantada por Daniel Cormier, que revelou que Khabib Nurmagomedov teria ouvido, em russo, a instrução equivocada vinda de algum treinador do então campeão.

Procurado pela reportagem da Ag Fight, Marcos ‘Parrumpinha’, treinador de jiu-jitsu da ‘American Top Team’, que fazia parte do corner de Petr Yan no evento, negou ter ouvido qualquer instrução dos outros membros da equipe do russo em relação à joelhada ilegal que o fez perder o cinturão dos galos. O faixa-preta ainda destacou que, de sua parte, o único comando passado naquele momento foi direcionado para que o lutador utilizasse apenas os golpes com as mãos.

“Não aconteceu nada disso. Pelo menos, eu não ouvi. Eu falei para ele duas vezes: just punch (apenas soque)”, declarou ‘Parrumpinha’.

O golpe ilegal, aplicado quando restavam 30 segundos para o fim do quarto assalto, veio no momento em que Petr Yan dominava o combate e parecia perto de garantir sua vitória, que traria sua primeira defesa de título bem-sucedida. Com a desqualificação e consequente derrota, o russo perdeu sua invencibilidade no UFC e viu seu adversário, o americano Aljamain Sterling, ser coroado como novo campeão da categoria peso-galo.

Mais em UFC