Siga-nos
Diego Ribas/ PXImages

UFC

Stephen Thompson critica UFC por apostar tanto em Chimaev: “É algo ridículo”

A ascensão de Khamzat Chimaev no UFC foi meteórica e, assim como lhe trouxe reconhecimento, também apresentou rivais. É comum notar diversos atletas insatisfeitos com o tratamento que a organização dá ao seu novo garoto propaganda e, inclusive, tais reclamações são públicas. E o mais novo membro deste time é Stephen Thompson, que encara Geoff Neal no UFC Vegas 17, evento que será realizado neste sábado (19), em Las Vegas (EUA). Porém não é o adversário quem o incomoda mais.

Em entrevista ao site ‘MMA Junkie’, Thompson, que é conhecido por ser um dos atletas mais simpáticos e educados do esporte, surpreendeu ao apresentar uma faceta diferente e bem mais vocal ao analisar a carreira de Chimaev. O veterano criticou o UFC por dar tanto destaque ao jovem e esquecer de outros atletas que, de fato, merecem tal aposta, defendeu sua posição no ranking do peso-meio-médio (77 kg) e também a de Leon Edwards, adversário do sueco no dia 20 de janeiro.

“Acho que Chimaev está em 15º, o que não faz sentido para mim. Ele lutou apenas uma vez nos meio-médios e seu oponente (Rhys McKee) perdeu duas vezes no UFC e, normalmente, é um leve. Simplesmente, não faz sentido esse cara ultrapassar todos que trabalharam duro para chegar onde estão. Agora, ele está classificado em 15º e luta contra o terceiro? É simplesmente ridículo para mim. Eu tive que passar por um corredor de assassinos para chegar no lugar que cheguei e Edwards também. Ele teve que vencer oito lutas para chegar onde está e eu tive que lutar contra adversários difíceis como Robert Whittaker, Jake Ellenberger, Rory MacDonald e Johny Hendricks para chegar onde estou e então esse cara salta no ranking? Acho que é um tapa na cara de todos que trabalharam duro. Edwards só tem a perder com essa luta. Onde isso o coloca? Isso não muda sua posição. Ele já merece lutar pelo cinturão. A categoria está um pouco maluca”, reclamou Thompson.

Stephen Thompson, de 37 anos, é um dos atletas mais respeitados do peso-meio-médio por sua experiência e habilidade na trocação. O norte-americano já lutou duas vezes pelo cinturão da categoria e sua última atuação aconteceu em 2019, quando venceu Vicente Luque. Atualmente, Thompson se encontra na quinta posição no ranking da divisão e vai enfrentar o 11º, Geoff Neal.

Mais em UFC