Siga-nos
Maria Suarez

UFC

Sonnen surpreende ao listar melhores lutadores do peso-médio de todos os tempos

Ao longo da história, o peso-médio (84 kg) do UFC se tornou uma das categorias de maior popularidade entre os fãs de MMA e os brindou com a presença de atletas que marcaram época no esporte. Chael Sonnen foi um desses profissionais renomados. Inclusive, o comentarista não ficou em cima do muro, quando questionado sobre os melhores lutadores da divisão de todos os tempos.

Em seu programa ‘The Chael Sonnen Show’, na ‘ESPN’ americana, o veterano surpreendeu ao escolher seu top-5 da história do peso-médio e até retirou seu nome da lista. Vale destacar que o americano disputou o título da categoria duas vezes e foi derrotado por Anderson Silva, por finalização, em 2010, e por nocaute, em 2012.

Dessa forma, o ex-lutador classificou ‘Spider’ como o melhor peso-médio que o MMA já viu. A lenda brasileira conquistou o cinturão da categoria em 2006 e reinou absoluto nela até julho de 2013, ou seja, como campeão, defendeu o título dez vezes, contra nomes como Chael Sonnen (duas vezes), Dan Henderson, Demian Maia, Nate Marquardt, Rich Franklin, Vitor Belfort, Yushin Okami, entre outros.

Na sequência, o americano inovou e colocou Georges St-Pierre em segundo lugar na história do peso-médio. É bem verdade que o canadense se tornou campeão da categoria, em 2017, porém só atuou uma vez por ela e se aposentou em seguida. Na terceira posição, Sonnen mencionou Israel Adesanya. O nigeriano é o atual número um da divisão, conquistou o título, em 2019, e já defendeu o cinturão em três oportunidades. Como vem sendo dominante, parte dos fãs classifica ‘The Last Stylebender’ como uma espécie de novo Anderson Silva.

Para o quarto lugar no ranking de todos os tempos do peso-médio, Sonnen nomeou Robert Whittaker. De fato, o australiano se transformou após trocar os meio-médios (77 kg) pela categoria de cima e se tornou campeão dela, em 2017. Agora, a imprensa especializada especula que ‘The Reaper’ seja o próximo a disputar o título da divisão contra Israel Adesanya.

Fechando o top-5 de Sonnen se encontra Michael Bisping. Em sua carreira no UFC, o inglês sempre integrou o topo do peso-médio, mas parte da comunidade do MMA não acreditava que o lutador pudesse alcançar o lugar mais alto. No entanto, ‘The Count’ se aproveitou das lesões de Chris Weidman e Ronaldo ‘Jacaré’, aceitou enfrentar Luke Rockhold em cima da hora e protagonizou uma da maiores zebras do esporte ao nocautear o rival, em 2016. Como campeão, o profissional defendeu o título uma vez.

Mais em UFC