Siga-nos
UFC/ Divulgação

UFC

Sem vencedor! Golpe ilegal interrompe luta principal da noite do UFC Vegas

Sem lutar desde julho de 2019, Leon Edwards finalmente voltou ao octógono. Neste sábado (13), o atleta liderou o card do UFC Vegas 21 ao enfrentar Belal Muhammad, que substituiu o russo Khamzat Chimaev. No entanto, apesar da expectativa para a disputa, o confronto foi abreviado no segundo assalto por um golpe ilegal.

Depois de um primeiro round intenso que ficou marcado pelo maior volume de ataques do meio-médio (77 kg) inglês, a etapa seguinte foi frustrante. No instante em que aplicou um chute no corpo do adversário, Edwards esticou o braço e, com a mão aberta, acertou o olho de  Belal Muhammad.

Imediatamente, o lutador caiu ao solo gritando de dor e pedindo que o médico entrasse no octógono. Após uma rápida análise do cenário, ficou claro que a disputa não tinha condições de prosseguir e o confronto foi interrompido e nenhum dos atletas foi declarado vencedor.

Atual número três do mundo e embalado por sequência de oito vitórias seguidas no evento, Leon Edwards via no duelo deste sábado a sua chance de se credenciar para uma disputa da categoria.

Acompanhe os resultados:

O duelo entre Leon Edwards e Belal Muhammad não teve vencedor (dedada no olho)
Ryan Spann nocauteou Misha Cirkunov no 1º round;
Dan Ige nocauteou Gavin Tucker no 1º round;
Davey Grant nocauteou Jonathan Martinez no 2º round;
Matheus Nicolau venceu Manel Kape por decisão dividida;
O duelo entre Eryk Anders e Darren Stewart não teve vencedor (joelhada ilegal)
Angela Hill venceu Ashley Yoder por decisão unânime;
Charles Jourdain nocauteou Marcelo Rojo no 3º round;
Rani Yahya finalizou Ray Rodriguez no 2º round;
Nasrat Haqparast venceu Rafa García por decisão unânime;
JJ Aldrich venceu Cortney Casey por decisão dividida;
Jinh Yu Frey venceu Glorinha de Paula por decisão unânime;
Matthew Semelsberger nocauteou Jason Witt no 1º round.

Mais em UFC