Siga-nos
Louis Grasse/PxImages

UFC

Sean O’Malley rebate críticas e explica preferência por rivais não ranqueados no UFC

Com grandes atuações dentro do octógono e uma personalidade marcante fora dele, Sean O’Malley definitivamente se consolidou como uma das principais apostas para atingir o estrelato no UFC. Porém, uma crítica recorrente paira sobre a carreira da jovem promessa do peso-galo (61 kg): a ausência de adversários renomados em seu currículo.

A aparente falta de interesse do americano em se testar contra oponentes mais qualificados, ponto central da discórdia entre seus apoiadores e detratores, foi justificada pelo próprio lutador. Em um recente episódio do podcast ‘No Jumper’, O’Malley deu sua versão sobre a polêmica e explicou sua lógica por trás da preferência por rivais em má fase ou de menor expressão dentro da divisão dos galos do Ultimate.

De acordo com ‘Sugar’, como é conhecido, tudo passa pelo fato de que, independentemente da qualidade do seu adversário, o salário que ele receberá por cada luta será o mesmo, conforme acordado em seu contrato com o UFC. Bem ao seu estilo, o peso-galo ainda classificou como “inveja” o motivo das críticas que recebe.

“Na próxima luta, muitas pessoas querem que eu enfrente alguém ranqueado. Eles queriam que eu lutasse com alguém ranqueado na última luta. Eu deveria enfrentar Louis Smolka (no UFC 264). Para mim, eu tenho um contrato para fazer um certo número de lutas, e eu vou ser pago uma certa quantidade de dinheiro, independentemente se eu enfrentar Louis Smolka, o cara com quem eu deveria lutar, ou se eu lutar com Petr Yan, o peso-galo número um do UFC. Eu sou pago o mesmo. Eu vou enfrentar esse cara (que é menor). E eu vou lutar com ele em um card de pay-per-view do Conor McGregor”, explicou O’Malley, antes de completar.

“Chael Sonnen sempre diz para lutar com o pior cara na parte mais alta do card. Muitos pesos-galos, e pessoas do UFC, eles definitivamente me odeiam, e isso vem da inveja. Eu estou sendo muito mais visto do que eles. Eu faço uma performance lá dentro. Você pode assistir alguns desses caras lutando, e você literalmente pega seu telefone e começa a olhar no Instagram. Você não dá a mínima para o que eles estão fazendo”, finalizou ‘Sugar’.

Oriundo do programa ‘Contender Series’, Sean O’Malley venceu cinco dos seis combates disputados no octógono do UFC, até o momento. Sua única derrota veio pelas mãos do equatoriano Marlon ‘Chito’ Vera, em agosto do ano passado. Nos cinco triunfos pelo Ultimate, o americano superou adversários de qualidade questionável, como Andre Soukhamthath, José Alberto Quiñonez, Eddie Wineland e Kris Moutinho, ou em má fase, como o brasileiro Thomas Almeida.

Esta situação pode estar prestes a mudar, com rumores apontando para o interesse do UFC em colocar O’Malley frente a frente com o ex-campeão peso-leve (70 kg) do UFC Frankie Edgar, que representaria o rival mais credenciado já enfrentado pela jovem promessa até o momento. Resta saber se o hipotético confronto será oficializado pela organização e, principalmente, se ‘Sugar’ terá interesse em medir forças com um oponente deste nível.

Mais em UFC