Siga-nos
Diego Ribas/PxImages

Boxe

Tito critica exigência de Anderson em contrato para luta de boxe: “Perdi o respeito por ele”

Confirmado como próximo adversário de Anderson Silva no boxe, Tito Ortiz não parece ter ficado completamente satisfeito com todas as cláusulas contratuais para o duelo. De acordo com o americano, por exigência do ‘Spider’, o limite de peso estabelecido para o confronto será de 195 libras (88,4 kg), marca nunca alcançada pelo ‘Bad Boy de Huntington Beach’ durante sua carreira profissional. Por isso, o ex-campeão meio-pesado (93 kg) do UFC admite que perdeu o respeito que tinha pelo brasileiro.

Em entrevista ao site ‘TMZ Sports’, Tito expressou sua irritação com a situação, mas prometeu fazer o possível para evitar uma falha na balança, que seria algo inédito em sua carreira. O americano – membro do Hall da Fama do UFC – ainda ressaltou que pretende utilizar a exigência feita pelo ‘Spider’ como uma espécie de combustível para se motivar ainda mais para o combate.

“Eu estou empolgado. Eu tenho treinado boxe por toda minha carreira, mas agora é uma oportunidade que eu não tenho que me preocupar com wrestling ou jiu-jitsu brasileiro. Eu não preciso me preocupar com joelhadas ou chutes. Agora eu posso focar somente no boxe. Estou empolgado. Eu sou grato à Triller por me dar essa oportunidade. Sou grato a Anderson por finalmente aceitar a luta. Teve um pouco de negociação da parte dele. Eu tinha muito respeito por Anderson. Mas fazer o que ele fez pelo contrato, eu perdi o respeito por ele, cara”, destacou Ortiz, antes de completar.

“Ele quer que eu desça para 195 libras (88,4 kg). Ele lutou até 205 libras (93 kg) seis vezes na carreira dele. Ele quer que eu desça para 195 libras, isso mostra que ele está com medo da minha potência. (…) A última vez que eu pesei 195 libras foi quando eu estava lutando wrestling no segundo ano da faculdade. Eu vou bater o peso. Vou tentar. Eu vou cortar minha perna para bater o peso. Eu nunca falhei na balança em toda minha carreira, mas Anderson meio que forçou o limite fazendo isso. Eu perdi o respeito pelo cara. Ele é um dos melhores artistas marciais mistos, mas eu perdi o respeito por ele. Isso me dá um pouco mais de energia, um pouco mais de agressividade durante o camp para socar a cara dele”, finalizou.

Tito Ortiz e Anderson Silva se enfrentam no próximo dia 11 de setembro, em Los Angeles (EUA), em card promovido pela ‘Triller’, que terá como atração principal o duelo entre Oscar De La Hoya e Vitor Belfort. O combate marca a estreia do americano no boxe profissional, enquanto o brasileiro – ex-campeão peso-médio (84 kg) do UFC fará sua segunda luta internacional, e quarta no total, nos ringues da nobre arte.

Tito Ortiz, de 46 anos, se destacou no UFC, conquistou o título dos meio-pesados (93 kg) da organização em 2000 e defendeu o cinturão em cinco oportunidades. As mais recentes vitórias de destaque da lenda do esporte foram diante dos contemporâneos Chael Sonnen e Chuck Liddell. Sua última aparição na modalidade aconteceu em 2019, quando finalizou Alberto ‘El Patrón’, ex-integrante da WWE.

Anderson Silva, de 46 anos, é um dos lutadores mais celebrados dos esportes de combate. Em seu auge no MMA, o brasileiro marcou época no UFC. ‘Spider’ conquistou o título do peso-médio logo após sua estreia na companhia e o defendeu dez vezes. Não à toa, o veterano é considerado por parte da comunidade das artes marciais mistas o maior nome da história da modalidade. Seus principais triunfos foram diante de Chael Sonnen (duas vezes), Dan Henderson, Demian Maia, Forrest Griffin, Rich Franklin (duas vezes) e Vitor Belfort.

Mais em Boxe