Siga-nos
Diego Ribas/PxImages

UFC

Sandhagen pede luta pelo cinturão dos galos do UFC e manda recado para Yan e Sterling

Cory Sandhagen impressionou no UFC Vegas 18. No evento realizado no último sábado (6), nos Estados Unidos, a promessa do peso-galo (61 kg) precisou de apenas 28 segundos para nocautear Frankie Edgar, consequentemente, faturou um dos bônus de ‘performance da noite’ e se aproximou de disputar o cinturão da categoria. Ciente de sua atual posição na classe, o atleta mandou um recado para Petr Yan e Aljamain Sterling.

Na coletiva de imprensa pós-UFC Vegas 18, Sandhagen não esqueceu do embate entre os rivais, válido pelo UFC 259, que acontece no dia 6 de março, também nos Estados Unidos, e pediu para lutar pelo cinturão do peso-galo na sequência. Vale lembrar que a primeira e única derrota do americano na organização aconteceu, justamente, para Sterling, quando foi finalizado no primeiro round. No entanto, após o revés, ‘The Sandman’ nocauteou Edgar e Marlon Moraes de forma plástica, ou seja, ex-campeão e ex-desafiante ao título da companhia, respectivamente, recuperou o ‘hype’ e a confiança para o futuro de sua carreira no esporte.

“Sou melhor do que Yan. Se vencer, quero Yan. O mesmo com Sterling. Sou um animal diferente. Vocês viram nas duas últimas lutas. Sou um animal diferente desde aquela luta com Sterling. Agradeço por ele ter me dado uma lição, mas da próxima vez que lutarmos, vou machucar Sterling. Quero lutar com o vencedor dessa luta em julho ou quando eles quiserem. Tenho que ser o próximo para disputar o cinturão. Não há ninguém mais na conversa, especialmente, depois de uma apresentação como essa”, declarou Sandhagen.

Cory Sandhagen, de 28 anos, estreou no UFC em 2018 e, pouco tempo depois, deixou de ser promessa e virou uma das forças do peso-galo. Não à toa, Aljamain Sterling e Petr Yan elogiaram o possível adversário pela vitória diante de Frankie Edgar. Além do veterano, os triunfos mais importantes de ‘Sandman’ no MMA foram diante de John Lineker, Marlon Moraes e Raphael Assunção.

Mais em UFC