Siga-nos
Leandro Bernardes / PxImages

UFC

Rival de divisão elogia ‘Durinho’ e o elege como “luta mais difícil” para Usman

Atual campeão peso-meio-médio (77 kg) do Ultimate, Kamaru Usman colocará novamente seu título em jogo no próximo dia 13 de fevereiro, diante do brasileiro Gilbert ‘Durinho’ Burns, na luta principal do UFC 258, em Las Vegas (EUA). O confronto marcará a terceira defesa de cinturão do nigeriano, e também o desafio de maior dificuldade encarado pelo lutador africano até o momento, pelo menos na visão de um dos principais concorrentes da categoria.

Em participação no podcast ‘Weighing In’, Stephen ‘Wonderboy’ Thompson rasgou elogios a ‘Durinho’ e destacou, especialmente, o fato do brasileiro possuir habilidades de alto nível em todas as áreas do MMA, o que, de acordo com ele, torna o faixa-preta o rival mais completo a desafiar Usman até o momento. Ainda assim, o americano – atual quinto colocado no ranking dos meio-médios – enxerga um caminho para que o campeão saia vitorioso: o wrestling.

“Eu acho que essa vai ser a luta mais difícil do Kamaru Usman, com certeza. Quer dizer, (Durinho) tem o chão, ele é um praticante de jiu-jitsu de alto nível, ele tem uma boa trocação, ele tem nocauteado os caras. Então, eu acho que ele é o lutador mais completo que ele já encarou, até mais do que Colby Covington. Mas Usman, além disso, ele é um lutador inteligente. Ele tem a pressão e o preparo físico para dias. Ele tem um tanque de gasolina como nenhum outro, mas eu acredito que ele pode dominar Burns no wrestling”, analisou Thompson, antes de completar.

“Eu acho que ele poderia usar o wrestling e neutralizar o jiu-jitsu dele. O jogo por cima dele é muito, muito bom, especialmente contra a grade. Se ele conseguir prendê-lo contra a grade, onde ele é capaz de controlar o quadril do oponente, eu acho que ele vence. Mas a questão é chegar lá. A trocação do Burns é rápida. Esse cara é explosivo. Ele talvez não tenha o alcance que Kamaru tem, mas ele é explosivo e você viu isso contra Tyron Woodley. Ele o levou a knockdown, algo que eu não fui capaz de fazer”, concluiu o ‘Wonderboy’.

Vencedor da 21ª edição do reality show ‘The Ultimate Fighter’, Kamaru Usman venceu todos os 12 combates disputados dentro do octógono mais famoso do mundo. O nigeriano conquistou o cinturão dos meio-médios em março de 2019, ao superar o então campeão Tyron Woodley, por pontos, no UFC 235, em Las Vegas. Desde então, Usman fez duas defesas de título bem-sucedidas, diante de Colby Covington e Jorge Masvidal, respectivamente.

Por sua vez, Gilbert Durinho garantiu sua oportunidade de lutar pelo cinturão da categoria após vencer quatro combates consecutivos desde que subiu para os meio-médios. O atleta natural de Niterói (RJ) engatou uma sequência de triunfos ao superar Alexey Kunchenko, Gunnar Nelson, Demian Maia e Tyron Woodley, respectivamente.

Mais em UFC