Siga-nos
Louis Grasse/PxImages

UFC

Rafael dos Anjos comemora quebra de recorde histórico no UFC: “Trabalho duro compensa”

Rafael dos Anjos tem motivos de sobra para comemorar seu atual momento no UFC. No último sábado (3), na Flórida (EUA), o brasileiro voltou a vencer no octógono ao finalizar Bryan Barberena, saiu sem lesão do combate e quebrou um recorde na organização. Agora, o ex-campeão do peso-leve (70 kg) ostenta o status de atleta com mais tempo de luta na história da companhia.

Antes do confronto contra Barberena acontecer, Dos Anjos estava atrás de Frankie Edgar no quesito tempo total de luta no octógono. O americano, que se aposentou do MMA na atual temporada, possuía sete horas e 57 minutos no cage. Mas, ao levar o duelo com ‘Bam Bam’ para o segundo round, ‘RDA’ superou o também veterano ‘The Answer’ e se tornou o primeiro profissional a completar oito horas em atividade no palco Ultimate.

Com a nova marca, Rafael, que integra a companhia desde 2008, não esconde a felicidade e justifica que tal feito é fruto de sua árdua caminhada na liga e amor ao esporte. Agora, Dos Anjos vai atrás de ser o atleta com mais lutas (33 contra 40 de Jim Miller) e com maior número de vitórias (21 contra 24 do mesmo americano) na história do UFC.

“É o trabalho duro compensando. Nunca escolhi o caminho mais fácil. Sempre escolhi as lutas difíceis para mim, mesmo que as pessoas perguntem, ‘Por que ele aceitou essa luta?’. Mas sou um lutador e gosto de lutar, gosto de grandes desafios, especialmente, quando as pessoas dizem que não posso fazer isso, quero fazer isso. Estou muito feliz por quebrar esse recorde”, declarou o ex-campeão do UFC na coletiva de imprensa pós-evento.

Rafael dos Anjos, de 38 anos, é um dos melhores lutadores brasileiros da história do MMA. O veterano iniciou sua trajetória no esporte em 2004, estreou no UFC em 2008 e foi campeão do peso-leve em 2015. Ao longo dos anos, o atleta acumulou um cartel composto por 32 vitórias e 14 derrotas. Seus principais triunfos foram sobre Anthony Pettis, Ben Henderson, Donald Cerrone (duas vezes), Evan Dunham, Kevin Lee, Nate Diaz, Neil Magny, Paul Felder, Renato ‘Moicano’, Robbie Lawler e Tarec Saffiedine.

Mais em UFC