Siga-nos
Louis Grasse/PxImages

UFC

Poirier minimiza interesse por luta com Nate Diaz, mas deixa o futuro em aberto

Considerado o favorito a ser apontado como o primeiro a desafiar Charles ‘Do Bronx’ pelo cinturão peso-leve do UFC, Dustin Poirier surpreendeu a comunidade das lutas ao começar a interagir nas redes sociais com Nate Diaz, no que poderia ser considerado da promoção de um possível combate entre eles. Ciente da impressão passada ao público, ‘The Diamond’ tratou de esquivar e deixar seu futuro em aberto.

Em entrevista ao site ‘MMA Fighting’, Poirier disse não ter sido procurado até o momento pelo UFC para abrir negociações para sua próxima luta, desmentindo a insinuação de Diaz de que teria recusado enfrentá-lo. O americano ainda ressaltou que se considera o primeiro da fila na corrida por uma vaga na próxima disputa de título da categoria dos leves, mas evitou cravar qual será a decisão tomada sobre seu futuro, citando o caráter volátil dos bastidores do esporte.

“Você sabe como essas negociações acontecem. A não ser que eles estejam conversando com ele e disseram alguma coisa. Nada foi oferecido a mim. Eu não falei com o UFC. Não posso dizer o mesmo por Nate, por Nathaniel. Mas, como eu disse, eu acho que eles vão me ligar em breve. Eu acho que sou o evidente número um que deveria lutar pelo cinturão. Eu acho que depois da luta, eles até disseram que isso seria o que viria na sequência. Mas vamos ver. Eu ouvi dizer que aconteceria em dezembro, mas esse sou apenas eu olhando para manchetes de MMA, então, eu não sei o que vai acontecer. Eu tenho a sensação de que nós vamos descobrir em breve”, afirmou Dustin Poirier, antes de comentar sobre o interesse em um futuro confronto contra Diaz.

“Ele (Diaz) é um lutador que eu tenho assistido há muito tempo. Eu acho que nossos estilos casam bem. Acho que seria uma ótima luta. Mas eu não estou atrás dela. Existe uma possibilidade que ela poderia acontecer, mas na minha lista de coisas a fazer, essa não é a próxima coisa a se fazer. Vamos ver. É por isso que eu não me comprometo com nada. Porque isso é uma loucura que fazemos, e sempre muda. Eu vou saber quando eles me ligarem. Gostaria de te dar uma resposta honesta e direta, mas eu estou dando o que eu tenho, e é isso”, finalizou.

Vindo de duas vitórias seguidas sobre Conor McGregor, Dustin Poirier ocupa atualmente a primeira colocação no ranking dos pesos-leves do Ultimate, fazendo dele o principal favorito para garantir o direito de lutar pelo título da divisão na sequência. Caso se confirme o ‘title shot’ para o americano, ele será o primeiro desafiante do brasileiro Charles ‘Do Bronx’, que iniciou seu reinado em maio deste ano, após nocautear Michael Chandler e conquistar o cinturão da categoria, que estava vago desde a aposentadoria de Khabib Nurmagomedov.

Mais em UFC