Siga-nos
Diego Ribas

UFC

Ngannou promete não repetir erros de primeira luta com Miocic em revanche

Neste sábado (27), Francis Ngannou tem a chance de se vingar da derrota mais importante que sofreu em sua carreira. Em 2018, o camaronês foi superado por Stipe Miocic e ficou sem o cinturão do peso-pesado do Ultimate. Agora, na luta principal do UFC 260, o lutador tem a chance de devolver o revés ao adversário e, para isso, recordou o primeiro embate entre eles e citou o aprendizado que tirou daquele encontro.

Até chegar para o primeiro duelo contra o americano, Ngannou engatou uma sequência de seis vitórias, sendo cinco delas por nocaute. Embalado, o africano mirou repetir a forma como superava os rivais contra Miocic, mas foi frustrado por uma atuação estratégica do rival. Dessa maneira, em entrevista ao site ‘BT Sports’, o desafiante fez uma autocrítica e garantiu que não vai repetir os mesmos erros daquela luta.

“Naquela ocasião eu fui para cima dele e foi um dos grandes erros que já cometi. Fui para nocauteá-lo, e é uma coisa que nunca fiz antes, apesar de quase todas as minhas lutas eu tenha vencido por nocaute. Mas ele sempre veio natural, eu nunca o busquei. A vez que fui atrás dele, não fui bem”, disse o camaronês que está no UFC desde 2015.

No entanto, Ngannou foi questionado sobre se realmente foi um erro ter partido para o ataque logo contra Miocic, já que nos seus últimos confrontos ele derrotou seus oponentes dessa maneira, com nocautes relâmpagos. Para o lutador, suas recentes vitórias vieram de forma natural, sem ele ter forçado alguma situação.

“Nas minhas últimas quatro lutas, eu não fui procurando um nocaute no primeiro round, e eles acabaram acontecendo. Vamos ver como vai ser desta vez”, explicou.

Número um no ranking dos pesados, Francis Ngannou vem de quatro vitórias seguidas no UFC, todas por nocaute ou nocaute técnico. A última vez que o lutador pisou no octógono mais famoso do mundo aconteceu em maio de 2020, quando superou o surinamês Jairzinho Rozenstruik com apenas 20 segundos de combate.

Mais em UFC