Siga-nos
Louis Grasse/PxImages

UFC

Michael Bisping sugere que McGregor evite briga com Cormier: “Isso é assassinato”

Ao que parece, Conor McGregor se encontra em mais um dilema. Recentemente, o astro irlandês se envolveu em uma polêmica com Daniel Cormier, a dupla trocou insultos e até ameaças de forma pública. Ao tomar conhecimento do cenário entre o lutador e o comentarista, Michael Bisping opinou a respeito e se mostrou preocupado com o futuro de ‘Notorious’.

Em seu podcast ‘Believe You Me’, o ex-lutador e atual comentarista aconselhou McGregor a encerrar a polêmica com Cormier, pois sinalizou que, se a rivalidade permanecer, a tendência é que o menor lado leve a pior. O desentendimento entre os ícones do MMA começou quando ‘DC’ criticou ‘Notorious’ por responder a provocação feita por Khabib Nurmagomedov, atacando o falecido pai do rival. Desde então, o irlandês voltou sua atenção para o veterano e o chamou de gordo e bêbado.

‘Notorious’ foi além, acusou Cormier de não estar em condições para comentar sua luta com Dustin Poirier e pediu para o UFC tomar uma providência contra o mesmo. Inconformado com a declaração do irlandês, ‘DC’ pediu para o desafeto sair da internet e avisou que terá uma séria conversa quando o encontrar. Ao perceber o tom de irritação utilizado pelo americano, Bisping cravou que é impossível o astro do MMA vencer um possível duelo com o veterano, caso as partes não consigam se entender de forma civilizada.

“Cuidado com o que você deseja, cuidado com quem você briga. Não estou desrespeitando McGregor, mas não me importo com quem McGregor é. Cormier vai puxar membro por membro seu. Ele pode fazer isso com uma mão, com um olho ou sem os olhos. Ele poderia fazer isso depois de tomar 25 Modelos (cerveja). Isso não é uma luta. Isso é assassinato, um crime, alguém chame a polícia!”, declarou o ex-campeão do UFC.

Não foi só Daniel Cormier que perdeu a paciência com as recentes atitudes e declarações de Conor McGregor. Além do veterano, Dustin Poirier, Jake Paul, Khabib Nurmagomedov, Firas Zahabi, renomado treinador de MMA, e os comentaristas Dominick Cruz e Paul Felder também condenaram a postura inconsequente de ‘Notorious’.

Mais em UFC