Siga-nos

UFC

McGregor vaza conversa privada com Dana e revela pedido para encarar Sanchez e Gaethje

Se Diego Sanchez surpreendeu ao sugerir o nome de Conor McGregor como potencial adversário em sua última luta da carreira, o irlandês foi além. Em sua conta oficial no ‘Twitter’ (veja abaixo ou clique aqui), o ex-campeão peso-pena (66 kg) e peso-leve (70 kg) do UFC chocou boa parte da comunidade das lutas ao vazar sua conversa privada com Dana White – presidente do Ultimate – e revelar que o veterano estava entre as opções sugeridas por ele ao dirigente para ser seu oponente, em troca de mensagens ainda em fevereiro deste ano, antes da pandemia do novo coronavírus tomar conta do mundo.

Na conversa com Dana, que teria sido realizada através de mensagens privadas no ‘Instagram’, McGregor sugere um duelo contra Sanchez no evento que o UFC planejava promover em Dublin, na Irlanda, em agosto. Aparentemente surpreso pela sugestão feita pelo irlandês, o dirigente ironizou e prontamente descartou a possibilidade deste confronto: “Nós deveríamos perder nossa licença de promotores se nós fizermos essa luta”.

“Para Diego Sanchez. Eu vi seus recentes comentários sobre sua luta final e eu estou dentro! Depois que você enfrentou (Michel) Pereira, eu pedi para que eu e você competíssemos em Dublin. Isso foi em fevereiro quando eu estava trabalhando nos meus oponentes para a temporada, pré-COVID-19. Boa sorte neste fim de semana”, escreveu Conor, desejando boa sorte ao veterano no confronto contra Jake Matthews neste sábado (26), pelo UFC 253.

Durante a troca de mensagens com o presidente do UFC, o irlandês ainda menciona o desejo em competir em maio, ao passo que Dana sugere que seu próximo compromisso deveria acontecer durante a ‘Semana Internacional da Luta’, que seria promovida pela companhia em julho, mas acabou cancelada por conta da pandemia. McGregor também demonstrou interesse em medir forças contra Justin Gaethje e, até mesmo, em uma possível vinda ao Brasil para competir.

Sem chegar a um acordo com o Ultimate, Conor McGregor segue sem atuar desde janeiro deste ano, quando atropelou Donald Cerrone em 40 segundos de luta, no UFC 246. Irritado com a dificuldade de agendar seu próximo compromisso, o irlandês anunciou sua aposentadoria do MMA em junho deste ano, a terceira vez que pendura as luvas nos últimos anos.

Mais em UFC