Siga-nos
Louis Grasse/PxImages

UFC

Khabib prevê que Volkanovski trará mais dificuldade para Makhachev do que ‘Do Bronx’

Depois de chegar ao seu segundo título de uma grande organização de MMA como treinador, ao guiar a conquista de seu primo Usman no Bellator, Khabib Nurmagomedov agora volta novamente suas atenções para outro aluno premiado, o recém-coroado campeão peso-leve (70 kg) do UFC Islam Makhachev. Com o pupilo escalado para fazer sua primeira defesa de cinturão diante de Alexander Volkanovski no dia 12 de fevereiro, na edição de número 284 da liga, o russo já projeta a disputa entre seu atleta e o australiano, soberano dos penas (66 kg) do Ultimate.

Em uma palestra para o ‘Class A Events/Penny Appeal Canada’, no domingo (20), Khabib elogiou Volkanovski e o classificou como um adversário “mais duro” do que o rival anterior de Makhachev, o brasileiro Charles ‘Do Bronx’. Para o ex-lutador russo, o australiano possui um nível similar ao do paulista, mas se destaca principalmente na inteligência e na ‘garra’ com que compete dentro do octógono. Apesar disso, ‘The Eagle’ deixou claro que possui total confiança na vitória de seu pupilo e arriscou um palpite: vitória pela via rápida para Islam.

“Eu disse a Islam antes mesmo da última luta com Charles Oliveira, eu disse a ele: ‘Volkanovski vai ser mais difícil do que Charles Oliveira’. Antes da luta porque se Charles não batesse o peso, seria Volkanovski quem deveria lutar com ele. Eu acho que ele tem boa experiência. Claro, (em termos de) experiência, Charles e Volkanovski, eles têm a mesma. Ambos têm boa experiência. Mas se você está falando sobre QI de luta e coração, eu acho que Volkanovski é melhor do que ele. Eu acho que Volkanovski vai ser um oponente mais difícil para Islam do que Charles Oliveira. Mas, de qualquer forma, quem se importa? Nós vamos finalizar esse cara”, afirmou Khabib, de acordo com o site ‘MMA Junkie’.

Ex-campeão peso-leve do UFC, Khabib Nurmagomedov se aposentou da carreira de lutador em 2020, deixando o esporte com um cartel irretocável de 29 vitórias e nenhuma derrota. Após pendurar as luvas, o russo assumiu o papel exercido até então por seu falecido pai, Abdulmanap, e passou a liderar uma poderosa equipe de atletas do Daguestão, entre eles Islam Makhachev e Usman Nurmagomedov, seus primeiros campeões de grandes organizações.

Mais em UFC