Siga-nos
Louis Grasse/PxImages

UFC

Kamaru Usman vence Masvidal novamente e defende título dos meio-médios

Primeiro evento do Ultimate com lotação completa da arena desde o começo da pandemia de COVID-19, o UFC 261, realizado neste sábado (24), na Flórida (EUA), foi o palco de uma das mais aguardadas revanches dos últimos tempos. Responsáveis pela luta principal do show, Kamaru Usman e Jorge Masvidal repetiram o resultado do primeiro encontro entre eles, mas, desta vez, com muito mais emoção.

Se no primeiro confronto Kamaru Usman abusou da estratégia de travar o oponente na grade para sair vitorioso, na noite deste sábado o campeão provou que poderia vencer o desafiante na trocação, especialidade de Masvidal, e manteve o cinturão dos meio-médios (77 kg) do UFC.

Com o resultado, Usman chegou à quarta defesa de título bem-sucedida no Ultimate e manteve a invencibilidade dentro do octógono mais famoso do mundo, chegando à 13ª vitória na organização. A nova vitória sobre Masvidal também coloca um ponto final na discussão sobre a superioridade do lutador africano na divisão, que ainda era vista com desconfiança já que no primeiro encontro entre eles, o americano aceitou a luta de última hora, para substituir o brasileiro Gilbert ‘Durinho’.

A luta

A luta começou com Masvidal apostando nos chutes baixos para minar a movimentação do campeão. Por sua vez, Usman fintava a entrada de queda para confundir o desafiante e, com isso, conseguia aplicar bons golpes no rosto do rival.

Na metade da etapa, Gamebred tentou uma joelhada voadora e acabou sendo levado para o solo pelo nigeriano. Após alguns ataques no ground and pound do campeão, Masvidal conseguiu se levantar e retomar a luta em pé, porém Usman seguiu aplicando os golpes mais claros na trocação.

O cenário se manteve o mesmo no início do segundo round, com Jorge Masvidal apostando nos chutes baixos e Usman fintando as entradas de queda para ‘driblar’ o rival e aplicar os melhores golpes em pé. Em um desses ataques, o campeão acertou um potente direto de direita que levou o desafiante à nocaute.

Confira os resultados do UFC 261:

Kamaru Usman venceu Jorge Masvidal por nocaute;
Rose Namajunas venceu Zhang Weili por nocaute;
Valentina Shevchenko venceu Jéssica ‘Bate-Estaca’ por nocaute técnico;
Uriah Hall venceu Chris Weidman por nocaute técnico (lesão);
Anthony Smith venceu Jimmy Crute por nocaute técnico (interrupção médica);
Randy Brown venceu Alex ‘Cowboy’ por finalização;
Dwight Grant venceu Stefan Sekulić por decisão dividida dos juízes;
Brendan Allen venceu Karl Roberson por finalização;
Patrick Sabatini venceu Tristan Connelly por decisão unânime dos juízes;
Danaa Batgerel venceu Kevin Natividad por nocaute técnico;
Kazula Vargas venceu Zhu Rong por decisão unânime dos juízes;
Jeff Molina venceu Qileng Aori por decisão unânime dos juízes;
Ariane ‘Sorriso’ venceu Na Liang por nocaute técnico.

Mais em UFC