Siga-nos
Rigel Salazar/PxImages

UFC

Jorge Masvidal provoca Leon Edwards e impõe condição para enfrentar desafeto

Escalado pelo UFC para a maior luta de sua carreira, Jorge Masvidal não esqueceu dos rivais que conquistou ao longo de sua trajetória no MMA. No dia 24 abril, o americano vai realizar a revanche contra Kamaru Usman válida pelo título dos meio-médios (77 kg) na edição de número 261, que acontece na Florida (EUA), e, ao mesmo tempo que o lutador se prepara para o duro desafio, também começa a listar possíveis adversários.

Ao participar de uma sessão de perguntas e respostas na ‘ESPN’ americana, o atual desafiante dos meio-médios foi questionado por um fã sobre a possibilidade de lutar contra Leon Edwards, já que ambos ocupam um lugar de destaque na categoria. Contudo, Masvidal zombou do rival em seu posicionamento. Primeiro, ‘Gamebred’ mostrou desconhecer o inglês para depois lembrar que, quando se cruzaram, o encontro não foi agradável para ‘Rocky’. De fato, o clima entre Edwards e Masvidal é hostil, após um polêmico episódio.

O relacionamento da dupla se deteriorou em 2019. Quando o UFC visitou Londres (ING), o americano nocauteou Darren Till na luta principal e o atleta da casa levou a melhor sobre Gunnar Nelson por decisão dividida no ‘co-main event’, mas o pior aconteceu nos bastidores. Na ocasião, ‘Gamebred’ interrompeu sua entrevista ao escutar o ‘trash talk’ de ‘Rocky’ e o atacou com uma sequência de socos. Desde então, Edwards costuma desafiar o rival para o acerto de contas, porém, ao que parece, Masvidal só vai aceitar o duelo, caso o inglês volte a vencer no octógono.

“Quem é aquele? Oh, espere, esse é o cara que interrompeu nossa entrevista. Já lidei com aquele indivíduo. Em suas lutas, ele atingiu os olhos dos adversários na última vez que ouvi. Então é isso. Ganhe uma luta e eu estarei aqui, cara”, declarou Masvidal.

Atualmente, Jorge Masvidal e Leon Edwards ocupam o quarto e o terceiro lugar no ranking dos meio-médios, respectivamente, e vão protagonizar duelos importantes pela categoria. O americano encara Kamaru Usman pela segunda vez no UFC 261, em combate que vale o título da divisão, enquanto o inglês vai medir forças com Nate Diaz na edição de número 262, que acontece no dia 15 de maio, em Houston (EUA), no primeiro ‘co-main event’ de cinco rounds na história da organização.

Mais em UFC