Siga-nos
Louis Grasse/PxImages

UFC

Jorge Masvidal ignora luta contra McGregor no UFC: “Ele é pequeno e frágil”

Ao que parece, Conor McGregor, que se recupera da lesão sofrida na perna durante a trilogia contra Dustin Poirier, realizada em julho, em Las Vegas (EUA), perdeu um possível adversário para seu retorno ao UFC. Jorge Masvidal, integrante dos meio-médios (77 kg), tratou de negar qualquer possibilidade de enfrentar o astro irlandês em uma hipotética ‘money fight’ (luta que vale muito dinheiro).

Em entrevista ao site ‘MMA Junkie’, o dono do cinturão ‘BMF’ (lutador mais durão) explicou que o combate contra McGregor não faz sentido, devido a diferença de porte físico entre eles. No passado, os atletas trocaram provocações e até tiveram a aprovação de parte dos fãs para a realização da luta, porém Dana White ignorou tal ideia e declarou que Masvidal é um atleta selvagem e violento para ‘Notorious’ lidar.

“Eu sou um homem completo e McGregor é um cara muito pequeno e frágil. Ele não quer isso. Você não pode pagar a esse homem dinheiro suficiente, então tudo bem, não preciso disso”, opinou o campeão ‘BMF’.

Com McGregor fora de cogitação, ‘Gamebred’, que atuou no UFC pela última vez, em abril, quando foi derrotado na disputa pelo título dos meio-médios por Kamaru Usman, se colocou à disposição da companhia para voltar a lutar. E adversários para o americano não faltam, já que Gilbert ‘Durinho’, Leon Edwards, Stephen Thompson e Vicente Luque o desafiaram. Contudo, Masvidal impôs uma condição para definir seu oponente.

“Quero o cara que me deixa mais perto de disputar o título mais rápido. É isso que eu quero a seguir. Quem quer que o UFC goste e fale que esse é o cara que coloca você mais rápido no topo do que qualquer outro, é isso. Isso é o que vou aceitar”, concluiu.

Mais em UFC