Siga-nos
Louis Grasse/PxImages

UFC

Jon Jones responde Blaydes após rival apostar em vitória de Miocic: “Soa ridículo”

Jon Jones ainda não estreou no peso-pesado do UFC, mas começou a fazer inimigos na nova casa. O antigo rei dos meio-pesados (93 kg) deve atuar no fim da atual temporada ou no início de 2023 e tem Francis Ngannou e Stipe Miocic como potenciais adversários, mas Curtis Blaydes também pode entrar no seu radar. E o motivo é simples: o ícone do MMA reprovou um comentário de ‘Razor’ a seu respeito e não o deixou sem resposta, iniciando uma possível rivalidade entre eles.

Recentemente, Blaydes duvidou do sucesso de Jones no peso-pesado do UFC e apostou na derrota do mesmo em uma possível luta contra Miocic. De acordo com o wrestler, ‘Bones’ não tem o físico necessário, nem o poder de nocaute suficiente para se impor perante os novos adversários, que são maiores e mais fortes. De imediato, a estrela do MMA respondeu o desafeto por meio de suas redes sociais (veja abaixo ou clique aqui e aqui).

Jones ressaltou que Blaydes não deveria se preocupar com seu futuro no peso-pesado do UFC e sim com sua luta contra o promissor Tom Aspinall, que acontece neste sábado (23), na Inglaterra. Inclusive, ‘Bones’ mostrou estar ciente de que ‘Razor’ não possui apreço por sua pessoa, pois lembrou que essa não foi a primeira crítica que recebeu do mesmo. Portanto, Jon classificou o desafeto como um profissional invejoso, já que ataca os demais por não conseguir ir além na categoria por conta própria.

“‘Jon não tem poder de nocaute em um soco ou experiência de lutar cinco rounds de campeonato, é por isso que ele perderá para Miocic’. Cara, você literalmente soa ridículo. Concentre-se na sua luta neste fim de semana ‘Minúsculo’, você está torcendo contra mim há anos. Eu te vejo. Me odiar não vai te impulsionar a ser um campeão. Menos ódio, mais trabalho”, escreveu o ex-campeão do UFC em sua conta oficial no ‘Twitter’.

Jon Jones, de 35 anos, é ex-campeão dos meio-pesados do UFC e é apontado por parte dos fãs como o melhor lutador da história do MMA. Após dominar a categoria, ‘Bones’ decidiu se aventurar no peso-pesado, já que revelou que sempre sonhou em alcançar o lugar mais alto da divisão. Em sua carreira, o americano disputou 28 lutas, venceu 26, perdeu uma e a outra terminou em ‘no contest’ (sem resultado). Seus principais triunfos foram sobre Alexander Gustafsson (duas vezes), Anthony Smith, Chael Sonnen, Daniel Cormier, Dominick Reyes, Glover Teixeira, Lyoto Machida, Maurício Shogun, ‘Rampage’ Jackson, Rashad Evans, Ryan Bader, Thiago ‘Marreta’ e Vitor Belfort.

Mais em UFC