Siga-nos
Louis Grasse/PxImages

UFC

Jiri Prochazka exalta oportunidade em ser suplente de luta por título no UFC

Escalado como suplente da disputa de título entre Jan Blachowicz e Glover Teixeira, Jiri Prochazka vive uma situação inusitada antes do UFC 267, que acontece neste sábado (30), em Abu Dhabi (EAU). Sem ter a garantia de que pisará no octógono, o meio-pesado (93 kg) se prepara para bater o peso e, em caso de necessidade, substituir um dos protagonistas da luta principal do evento.

Apesar do incerto papel atribuído a ele nesta semana, o tcheco se mostra satisfeito com a oportunidade, ainda que, no final, sua participação no show se restrinja, muito provavelmente, apenas a de espectador. Ao site ‘BJPenn.com’, Prochazka exaltou a chance de vivenciar de perto o ambiente de uma disputa de cinturão em sua categoria, o que pode ajudá-lo a conhecer melhor os dois protagonistas do show, que podem cruzar seu caminho no futuro.

“É um pouco rápido, mas eu sei que estou pronto para isso. Não tem razão para não ir atrás disso. Eu me perguntei muitas vezes se eu queria o título e minha resposta é sim, claro, 100% sim. Eu estou pronto para isso e sei como conquistá-lo. (…) Eu estou apenas feliz por estar aqui onde a luta vai acontecer, assim eu posso sentir o cheiro da energia dos meus oponentes, a potência deles e suas fraquezas. Apenas sentir o gosto da atmosfera e se eu não lutar, isso não importa para mim”, declarou Jiri Prochazka.

Ex-campeão meio-pesado do ‘Rizin’, Jiri Prochazka chegou ao UFC coberto de expectativas e, até o momento, tem cumprido seu papel com louvor. Após estrear na principal organização de MMA do planeta com o pé direito, ao nocautear Volkan Oezdemir, na edição de número 251, em julho de 2020, o tcheco conquistou um novo triunfo pela via rápida em maio deste ano, superando o ex-desafiante ao cinturão Dominick Reyes. As convincentes apresentações no octógono mais famoso do mundo o levaram à segunda posição no ranking até 93 kg do Ultimate.

Mais em UFC