Siga-nos
Leandro Bernardes / PxImages

UFC

Gustafsson projeta retorno ao UFC em 2022 para se “redimir da luta com Werdum”

Sem lutar desde julho de 2020, quando foi derrotado pelo brasileiro Fabrício Werdum em sua estreia entre os pesos-pesados, Alexander Gustafsson não parece disposto a pendurar as luvas e encerrar sua trajetória no MMA. Na verdade, o veterano lutador sueco, de 34 anos, projeta a retomada de sua carreira o mais rápido possível.

Em entrevista à ‘ESPN’ americana, o ex-desafiante ao cinturão meio-pesado (93 kg) do UFC ressaltou seu desejo de voltar ao octógono mais famoso do mundo ainda no início da temporada 2022, até mesmo como forma de deixar para trás a má impressão causada pela sua última derrota, quando foi finalizado por Werdum em apenas dois minutos e meio de luta. Para isso, Gustafsson revelou que já está em conversas com a organização, a fim de encontrar um novo desafio.

“Vamos ver o que vai acontecer. Nós estamos conversando muito com o UFC. Eu quero lutar. Eu quero lutar no início deste ano e, basicamente, avançar a partir daí. Quero me redimir pela luta com Werdum. Eu sinto como se eu não tivesse realmente entrado naquela luta. Sinto que eu preciso fazer algo, pegar uma luta, e pegar uma luta de cada vez. Quero lutar no início desse ano apenas para entrar lá e me divertir. Uma vitória por vez”, afirmou Gustafsson, antes de continuar.

“Eu estou muito feliz com minha carreira. Mas sinto que eu não estou acabado ainda, sabe? Eu ainda estou escrevendo o livro. Tenho que continuar entrando lá e fazendo o que sei. É isso que eu sinto falta de fazer. Eu realmente sinto falta de voltar no octógono e lutar. É isso que eu vou fazer, basicamente. Voltar e fazer o que sei”, finalizou.

Vale lembrar que Gustafsson faria seu retorno à divisão dos meio-pesados em setembro do ano passado, contra o escocês Paul Craig, em evento do UFC sediado em Las Vegas (EUA). Porém, uma lesão sofrida pelo sueco cerca de um mês antes da peleja o obrigou a se retirar do combate e cancelar sua participação.

No MMA profissional desde 2007, Alexander Gustafsson soma 18 triunfos e sete reveses em sua trajetória na modalidade. Pelo Ultimate, o sueco já teve a oportunidade de disputar o cinturão dos meio-pesados da organização em três ocasiões, mas foi superado em todas elas, duas vezes por Jon Jones e uma por Daniel Cormier.

Mais em UFC