Siga-nos
UFC/ Divulgação

UFC

Fiquem de olho! Francesa domina Mayra ‘Sheetara’ e vence a 3º no UFC em 2021

Embalada por duas vitórias seguidas no Ultimate na temporada 2021, a francesa Manon Fiorot confirmou o favoritismo diante da brasileira Mayra ‘Sheetara’ neste sábado (16), no card principal do UFC Vegas 40. Melhor desde o início, a atleta de 31 anos apresentou grande volume de golpes e impressionou.

Especialista na trocação, Fiorot atacou com combinações de socos, chutes e quedas nos três assaltos disputados, encurralou a oponente sistematicamente e confirmou seu nome como uma das atletas a serem observadas pelos fãs na temporada 2022.

A luta

Melhor no assalto inicial, Fiorot sobrou em volume de golpes e pareceu encontrar uma rival com dificuldade de encontrar o tempo certo de atacar. Desta forma, Sheetara passou boa parte dos cinco minutos se defendendo das investidas da francesa. Fiorot 10 x 9 Sheetara.

Na segunda etapa, a brasileira voltou melhor e buscou mais a luta.Com chutes fortes e socos em linha reta, Sheetara pressionou no início, mas no decorrer do round voltou a sofrer com o volume dos ataques da rival, que desmontou boa visão de luta para pontuar na hora certa e garantir o assalto. Fiorot 20 x 18 Sheetara.

O último assalto foi movimentado e dominado por completo pela francesa. Dona do combate, ela voltou a atacar com volume de combinações que incomodaram Sheetara a todo instante. Sem poder de reação, a brasileira caminhou para frente e tentou conectar golpes potentes em busca do nocaute – sem sucesso. Fiorot 30 x 27 Sheetara.

Golpes ilegais

O duelo entre Bruno ‘Blindado’ e o americano Andrew Sanchez foi um clássico embate entre um striker contra um grappler. Derrubado nos dois primeiros rounds, o brasileiro ainda recebeu três chutes ilegais nas partes íntimas, o que pareceu motivá-lo ainda mais no assalto final.

Em desvantagem nas papeletas dos jurados, Blindado, que mesmo por baixo permaneceu agressivo na luta agarrada durante os assaltos iniciais, dominou por completo a última etapa. Com cruzados na linha de cintura, joelhadas no clinche e muitas disposição, o pupilo de André ‘Dida’ puniu o rival até o árbitro interromper a luta, para delírio de sua equipe.

Na comemoração, ainda no octógono, Bruno recebeu a faixa preta de jiu-jitsu de seus treinadores: “Eu prometi para minha equipe que nocautearia, eu tenho 14m59s para nocautear, tenho poder de fogo em minhas mãos e não me importo se perdi os primeiro rounds”.

Acompanhe os resultados do UFC Vegas 40:

Manon Fiorot venceu Mayra ‘Sheetara’ por decisão unânime;
Nate Landwehr finalizou Ľudovít Klein no 3º round;
Bruno ‘Blindado’ nocauteou Andrew Sanchez no 3º round;
Danny Roberts venceu Ramazan Emeev por decisão dividida;
Luana ‘Dread’ venceu Lupita Godinez por decisão unânime;
Danaa Batgerel nocauteou Brandon Davis no 1ª round;
Ariane ‘Sorriso finalizou Istela Nunes no 3º round.

Mais em UFC