Siga-nos
Louis Grasse/PxImages

UFC

Ex-árbitro questiona ‘falta de ética’ de treinador de Ciryl Gane: “Devia ter vergonha”

O clima de animosidade entre Francis Ngannou e Ciryl Gane, que protagonizarão a unificação do título peso-pesado no UFC 270, no próximo dia 22 de janeiro, ganhou um novo ‘tempero’ nas últimas semanas, após a divulgação do vídeo de uma sessão de treinos entre os antigos companheiros de equipe. Responsável pelo compartilhamento das imagens, Fernand Lopez – líder da ‘MMA Factory’ e treinador de ambos na época – gerou enorme polêmica com sua atitude e tem sido alvo de algumas críticas.

Quem explicitou seu incômodo com a postura do treinador foi ‘Big’ John McCarthy, lendário árbitro de MMA e atual comentarista do Bellator. Em recente episódio do podcast ‘Weighing In’, o veterano não poupou Lopez e o criticou por ter quebrado uma regra não escrita entre os profissionais do mundo das lutas: não compartilhar o que acontece dentro das quatro paredes da academia. O ex-juiz ainda afirmou que o líder da ‘MMA Factory’ deveria se sentir envergonhado por violar tal código de ética.

“Não está escrito, é um código. Você não fala sobre o que acontece no local de treinos, porque são apenas treinamentos, e muitas coisas acontecem. Eu já vi campeões mundiais destruídos por pessoas que não são nada fora da academia. Eu já vi caras que são lutadores da elite do UFC sendo espancados no tatame por pessoas. Não é a luta, não importa. É treino. Vão existir momentos onde você é a melhor pessoa na academia naquele dia, e outros momentos onde você provavelmente é o pior da academia naquele dia. Para Fernand Lopez, o treinador, você devia ter vergonha, cara. Você não entra nessa merda”, declarou John McCarthy.

Nas imagens do vídeo compartilhado por Fernand Lopez é possível ver uma leve sessão de sparring entre Francis Ngannou e Ciryl Gane, quando ambos ainda treinavam sob a batuta do treinador da ‘MMA Factory’, local que ainda abriga o peso-pesado francês. Na movimentação, o camaronês parece levar a pior na disputa, o que fez com que o campeão linear do UFC se irritasse com a divulgação do vídeo por parte do antigo mentor.

Essa tensão entre os ex-companheiros de equipe estará em seu ponto mais alto no próximo dia 22 de janeiro, quando ambos entrarão no octógono do UFC 270, em Anaheim (EUA), para definir a unificação do título peso-pesado da liga. Campeão linear da categoria, Ngannou chega para a disputa embalado por cinco vitórias por nocaute consecutivas, a última delas contra Stipe Miocic, que lhe garantiu o cinturão. Já Gane, ainda invicto no MMA, venceu os sete compromissos no Ultimate, garantindo o cinturão interino ao superar Derrick Lewis, em agosto do ano passado.

Mais em UFC