Siga-nos
Natassia del Fischer/PxImages

UFC

E o Borrachinha? Treinador de Adesanya aponta Darren Till como favorito ao ‘title shot’

Após falhar em sua tentativa de conquistar o cinturão dos meio-pesados (93 kg), no último sábado (6), Israel Adesanya já confirmou que voltará à sua categoria de origem, o peso-médio (84 kg), para defender seu título. A notícia poderia animar os principais rivais de divisão do nigeriano, especialmente Robert Whittaker e Paulo ‘Borrachinha’, números um e dois do ranking até 84 kg do Ultimate, respectivamente, mas, de acordo com o treinador do campeão, nenhum dos dois atletas é o principal candidato à vaga de próximo desafiante.

Com ‘Borrachinha’ e Whittaker escalados para se enfrentarem no dia 17 de abril, em evento do UFC ainda sem local definido, a expectativa era de que o vencedor do duelo se credenciaria a lutar novamente pelo título dos médios. Porém, em entrevista à ‘Submission Radio’, Eugene Bareman – treinador principal de Israel Adesanya – apontou o inglês Darren Till, atual quarto colocado no ranking da divisão, como o favorito, ao menos na visão da equipe do nigeriano, ao posto de próximo desafiante ao cinturão da categoria.

A favor do lutador britânico destaca-se o fato de ser um dos dois únicos membros do top 5 da divisão a não ter sido derrotado anteriormente pelo campeão, ao lado de Jared Cannonier. Outro fator levado em conta pela equipe de ‘Izzy’, de acordo com seu treinador, é a forma como Adesanya derrotou tanto Borrachinha como Whittaker, vencendo ambos por nocaute, o que em sua visão não deixa dúvidas sobre a superioridade de seu pupilo sobre os rivais.

“Não tem Marvin Vettori, não tem Paulo Costa (Borrachinha). Tem Darren Till. Darren Till precisa vencer. E Robert Whittaker, porque ele é um dos nossos irmãos, ele é um Kiwi. Então, tem duas lutas, e depois o que nós fazemos? Jan (Blachowicz) vence um par (de lutas), nós vencemos um par? Eu não sei, esse sou só eu jogando coisas ao vento”, declarou Eugene Bareman, citando ainda a possibilidade de Adesanya se aventurar novamente nos meio-pesados contra Jan Blachowicz no futuro, após algumas defesas de título no peso-médio.

“O problema com o peso-médio no momento é que Israel se colocou em uma posição onde ele limpou um pouco (a divisão). Então, você tem o Robert, que está lá e está marchando de volta, que está lutando de volta (ao topo). Mas Darren Till é o favorito lá. Darren Till e depois, espero que Robert. Espero que até lá o mundo esteja de volta ao normal e Robert possa ser uma luta gigantesca em Melbourne novamente, ou em Auckland. Provavelmente em Auckland. Que tal?”, sugeriu o treinador, relembrando o primeiro encontro entre seu pupilo e o ex-campeão Robert Whittaker, no UFC 243, realizado na Austrália.

Curiosamente, Darren Till vem de derrota justamente para Robert Whittaker, em duelo disputado em julho do ano passado. O confronto contra o ex-campeão foi apenas o segundo do lutador inglês pela categoria dos médios, tendo vencido Kelvin Gastelum, por decisão dividida dos juízes, em sua estreia na divisão.

Ex-desafiante ao cinturão dos meio-médios (77 kg), Till tem compromisso agendado para o próximo dia 10 de abril, quando enfrentará o italiano Marvin Vettori, que chega embalado por quatro vitórias seguidas e também mira uma chance de lutar pelo cinturão dos médios. O lutador europeu, por sinal, já encarou Adesanya em abril de 2018, antes do nigeriano se tornar campeão da categoria, sendo derrotado na decisão dividida dos juízes, resultado que até hoje é contestado por Vettori.

Mais em UFC