Siga-nos
Louis Grasse/PxImages

UFC

‘Durinho’ abre as portas para encarar todos os tops da divisão antes de revanche com Usman

Ao que parece, Gilbert Burns não está com pressa para enfrentar Kamaru Usman, campeão dos meio-médios (77 kg) do UFC, pela segunda vez. Após superar Stephen Thompson na edição de número 264, realizada em julho, em Las Vegas (EUA), ‘Durinho’ permaneceu no topo da categoria e próximo de disputar o título. No entanto, apesar da excelente posição, o brasileiro sinalizou que vai permanecer em atividade.

Em entrevista ao site ‘TMZ Sports’, o faixa-preta de jiu-jitsu mostrou empolgação quanto ao seu futuro no UFC e abriu as portas para enfrentar todos os integrantes de destaque nos meio-médios. De acordo com ‘Durinho’, a melhor forma de receber uma nova chance de disputar o título da categoria é atuar e vencer os grandes nomes dela no octógono. Vale lembrar que o brasileiro foi um dos poucos lutadores que conseguiu abalar Usman e quase o nocauteou no primeiro round.

Após derrotar Thompson, o niteroiense desafiou Jorge Masvidal, Leon Edwards e Nate Diaz ainda em cima do octógono e também na coletiva de imprensa pós-UFC 264. Além do trio, ‘Durinho’ mencionou Colby Covington como uma luta que, mais cedo ou mais tarde, tem que acontecer. Apesar dos inúmeros alvos que possui na divisão, ‘Durinho’ sinalizou que sua próxima aparição na companhia deve ser contra os dois primeiros e Dana White já deu seu aval.

“Eu quero aquele que me dará um caminho claro para o título. Se for Edwards, é ele que eu quero. Se eu precisar de mais duas lutas, me dê Masvidal agora e Edwards depois. Não vou mentir para você, eu quero lutar contra todos nessa categoria. Todos os melhores oponentes, eu quero enfrentar. Ainda tenho uma luta dos sonhos com Colby, ainda quero uma revanche com Kamaru. Quero vencer Masvidal, Nate Diaz, Edwards, quero vencer todos os caras. Não é pressão, só que se você quer lutar pelo título, você tem que vencer esses caras. Acredito que será entre Edwards e Masvidal minha próxima luta”, decretou o brasileiro.

No UFC desde 2014, Gilbert ‘Durinho’, de 34 anos, atravessou seu melhor momento na organização entre 2018 e 2020, quando emplacou uma sequência de seis vitórias. Atualmente, o faixa-preta de jiu-jitsu se encontra na segunda posição no ranking dos meio-médios e possui triunfos marcantes sobre Demian Maia, Gunnar Nelson, Stephen Thompson e Tyron Woodley. No MMA, o atleta levou a melhor em 20 lutas e perdeu quatro vezes.

Mais em UFC