Siga-nos
Diego Ribas/PxImages

UFC

Donald Cerrone promete aposentar Diego Sanchez de maneira espetacular

O americano Donald Cerrone é um dos veteranos que atravessa má fase no octógono UFC. Porém, ao que parece, o ‘Cowboy’ está mais do que disposto a encerrá-la. Recentemente, ele foi apontado pela imprensa especializada como possível adversário para a luta de despedida de Diego Sanchez, no evento marcado para o dia 8 de maio, e prontamente se colocou à disposição. No entanto, o atleta deixou claro que não encara o combate de forma amigável.

Pelo contrário, em seu próprio canal no ‘YouTube’, ‘Cowboy’ prometeu que o fim de Sanchez vai aparecer em um de seus vídeos de melhores momentos da carreira. Vale lembrar que, no passado, os veteranos treinaram juntos na renomada academia ‘Jackson Wink MMA’, localizada em Albuquerque (EUA), e tiveram sucesso no esporte. No entanto, com o passar do tempo, Cerrone se desligou da equipe para montar seu time e foi criticado por ‘The Nightmare’. Curiosamente, anos depois, foi a vez de Sanchez trilhar o mesmo caminho e, como não poderia ser diferente, ‘Cowboy’ reviveu a polêmica.

“Diego diz que há duas lendas se enfrentando, mas acho que não. Ele falou muita m**** quando saí da academia de Greg Jackson e fez a mesma coisa. É engraçado. Eu fiz o que tinha que fazer. Construí minha própria academia, treinei meu próprio pessoal e acho que foi a coisa certa para a minha carreira. Diego falou muito sobre isso, disse que queria lutar comigo e esta é sua chance. Cuidado com o que você deseja. Sim, esta deve ser uma divertida luta que vai ter um lance marcante para mim”, disse ‘Cowboy’, que continuou.

“Diego implorou ao UFC que eu fosse o adversário em sua luta de despedida. Eles me ligaram, perguntaram minha opinião e eu disse ‘Claro’. Não estou subestimando. Existem áreas onde ele pode ser perigoso se eu estivesse lutando contra o velho Diego, há 10 anos. Ele era duro, tinha um ritmo forte. Eu treinava com ele e sei disso. Diego quer que esta seja sua carona até o pôr do sol e não tenho nenhum problema em dar isso à ele”, concluiu.

Originalmente, o planejamento de Donald Cerrone era voltar ao peso-leve (70 kg), mas como os atletas de destaque da categoria já estavam ocupados, aceitou realizar mais um combate nos meio-médios (77 kg). Afinal, o atual duelo contra Diego Sanchez também possui sua importância. Inclusive, essa é uma boa oportunidade para ‘Cowboy’ voltar ao caminho das vitórias, já que, assim como ele, o rival também vive momento delicado.

Mais em UFC