Siga-nos
Natassia del Fischer/PxImages

UFC

De olho na renovação contratual com o UFC, Condit promete “acabar” com Matt Brown

Cada fã de MMA possui o lutador que mais gosta de acompanhar e um dos profissionais que costuma marcar presença em listas como essa é Carlos Condit. O ex-campeão interino dos meio-médios (77 kg) do UFC é um dos atletas mais empolgantes dentro do octógono e, não à toa, seu combate com Matt Brown, válido pelo UFC Fight Island 7, evento que acontece neste sábado (16), na ‘Ilha da Luta’, em Abu Dhabi (EAU), é bastante aguardado. Após alguns cancelamentos, o duelo finalmente vai acontecer, e marca o último no contrato do americano com a organização, que aproveitou para analisar o atual momento.

Em conversa com a imprensa durante o media day do evento, Condit garantiu estar focado para a batalha contra Brown que, assim como ele, é um atleta conhecido por sua agressividade. O ex-campeão interino dos meio-médios do UFC ignorou o status que possui no MMA e não escondeu que o cenário de dispensas na organização lhe preocupa. Sobre a luta, o americano prometeu atacar e vencer o rival de forma impactante, pois essa é a melhor forma de renovar seu contrato com a companhia.

“Eu tenho minha mente extremamente focada nesta luta para resolver o problema. Há muita coisa em jogo, muitos lutadores estão sendo cortados, muitos estão neste bloco. Para mencionar a sequência de derrotas, ganhei uma das minhas últimas seis lutas, então não é um grande registro para meu último contrato. Também estou pronto para negociar a renovação, então há muita coisa acontecendo a esse respeito. Vou lutar contra alguém que vai querer me machucar. Eu quero acabar com Brown. Não importa como. Vou ferrar Brown”, declarou Condit.

Carlos Condit, de 36 anos, é um dos veteranos do MMA mais queridos pela comunidade do esporte. O atleta disputou 44 lutas em sua carreira, venceu 31, sendo 15 por nocaute e 13 por finalização, perdeu outras 13 e conquistou vários bônus. Em 2012, o americano se tornou campeão interino dos meio-médios do UFC e disputou o cinturão linear da categoria duas vezes. Suas vitórias mais marcantes na modalidade foram diante de Dan Hardy, Dong Hyun Kim, Frank Trigg, Jake Ellenberger, Martin Kampmann, Nick Diaz, Rory MacDonald e Thiago ‘Pitbull’.

Mais em UFC