Siga-nos
Louis Grasse/PxImages

UFC

Daniel Cormier elege Charles ‘Do Bronx’ como o ‘Super-Homem’ brasileiro

Charles Oliveira foi um dos destaques da temporada 2021 do MMA. Nela, o brasileiro, que foi desacreditado durante anos por parte dos fãs e demais lutadores, mudou por completo sua imagem e status no esporte. Em maio, em Houston (EUA), ‘Do Bronx’ conquistou o título vago do peso-leve (70 kg) do UFC e, em dezembro, em Las Vegas, como campeão da categoria, o defendeu pela primeira vez. Sendo assim, Daniel Cormier rasgou elogios ao paulista.

Em seu programa na ‘ESPN’ americana, o atual comentarista, impressionado com as vitórias de Charles, enalteceu sua qualidade e consolidação no UFC. Anteriormente, o brasileiro lutava para deixar para trás o status de promessa do esporte e buscava se transformar em uma ameaça aos grandes nomes do peso-leve da organização. É bem verdade que, em seu caminho, ‘Do Bronx’ encontrou dificuldade, porém não desistiu e, depois de 11 anos na empresa, enfim, conseguiu alcançar o lugar mais alto da divisão, para surpresa de parte da comunidade do MMA. Tanto que, após o paulista dominar Tony Ferguson, nocautear Michael Chandler e finalizar Dustin Poirier, Cormier afirmou que o campeão da categoria não chegou a tal posição por acaso e deu a entender que será difícil destroná-lo, uma vez que o atleta passou a mostrar força no aspecto físico e mental.

“Você começa a ver o ano de Charles e fica tipo, ‘Uau’. O cara que não esperávamos estar aqui, Charles, não é mais aquele cara que desiste. Se você é o oponente dele e acha que vai quebrá-lo, você perdeu completamente a cabeça. Esse cara é um assassino absoluto. Como eu disse, é o ‘Super-Homem Brasileiro’. Ele sobe os degraus do octógono e se transforma no Super-Homem. Charles mostrou que é o melhor leve ao finalizar Poirier”, declarou a lenda do MMA.

Charles Oliveira, de 32 anos, vive sua melhor fase no MMA. Conhecido no esporte pelo jiu-jitsu de alto nível, o brasileiro mostrou que sua trocação também representa uma ameaça aos oponentes. Atualmente, ‘Do Bronx’ é o campeão do peso-leve do UFC, é o dono da quinta posição no ranking peso-por-peso da companhia e possui dez triunfos seguidos, sendo seis por finalização e três por nocaute. Além disso, o paulista é o recordista de finalizações na história da companhia (15 vezes), é o maior colecionador de bônus (18) e o lutador que mais venceu pela via rápida (18). Seu cartel profissional é composto por 32 vitórias, sendo 29 pela via rápida, oito derrotas e um ‘no contest’ (luta sem resultado).

Mais em UFC