Siga-nos
Louis Grasse/PxImages

UFC

Dana White sugere que ex-campeão do UFC deve considerar a aposentadoria

Como já virou tradição quando um veterano entra em uma sequência negativa de resultados, Dana White mais uma vez parece disposto a dar uma ‘mãozinha’ na decisão sobre a aposentadoria de um lutador. O ‘alvo’ da vez é o ex-campeão dos meio-médios (77 kg) Tyron Woodley, que foi finalizado pelo brasileiro Vicente Luque no último sábado (27), em combate válido pelo co-main event do UFC 260, em Las Vegas (EUA).

Questionado durante a coletiva de imprensa pós-show sobre o futuro de Woodley na organização que preside, Dana insinuou que talvez seja o momento do americano considerar a aposentadoria. Em poucas palavras, o dirigente citou a idade avançada do ex-campeão, assim como seu histórico recente, para dar a entender que não concorda com a continuidade da carreira do lutador.

“Escute, quantos anos Tyron (Woodley) tem agora? 39? São quatro (derrotas) em sequência. É…”, declarou Dana White, presidente do UFC.

Apesar da mensagem pouco encorajadora para os que torcem pela continuidade do lutador americano na companhia, Dana também elogiou Woodley por sua performance diante de Luque. Ao contrário de seus últimos combates, onde acabou amplamente dominado por seus rivais, o ex-campeão teve bons momentos no início do duelo contra o brasileiro no último sábado.

Se não foi o suficiente para garantir a Woodley a vitória, pelo menos o ex-campeão saiu do UFC 260 com o bolso mais cheio. A peleja contra o brasileiro rendeu 50 mil dólares (cerca de R$ 290 mil) a mais na conta bancária de ambos os atletas, em virtude de ter sido premiada como ‘Luta da Noite’ pela entidade.

“Woodley, que recebe muitas críticas – aquele garoto veio para lutar nesta noite (sábado). Ele saiu de sua blindagem nesta noite. Ele veio para lutar”, elogiou o presidente do UFC.

Com o revés do último sábado, Tyron Woodley, que completa 39 anos no próximo dia 17 de abril, soma agora quatro derrotas consecutivas no octógono mais famoso do mundo. O confronto contra Vicente Luque marcou também o último compromisso previsto no contrato do americano com o Ultimate. Resta saber se haverá interesse das duas partes em negociar um novo acordo.

Mais em UFC