Siga-nos
Louis Grasse/PxImages

UFC

Dana White discorda da ideia que Israel Adesanya limpou o peso-médio do UFC

Israel Adesanya encantou parte da comunidade do MMA ao apresentar um estilo de trocação agressivo e plástico no octógono e, não à toa, se tornou campeão do peso-médio (84 kg) do UFC. Agora, o número um da categoria vai colocar seu título em jogo pela terceira vez, diante de Marvin Vettori, na edição de número 263, que acontece neste sábado (12), no Arizona (EUA), e é favorito. Contudo, Dana White pregou cautela ao comentar sobre o futuro do nigeriano na organização.

Em entrevista ao site ‘Submission Radio’, o cartola discordou de uma parcela dos fãs, que, constantemente, afirma que Adesanya venceu todos os principais candidatos do peso-médio do UFC. Inclusive, Dana justificou seu posicionamento ao citar os feitos de Anderson Silva na categoria.

Apesar da diferença no tempo de reinado na divisão, o nigeriano defendeu o título contra Paulo ‘Borrachinha, Yoel Romero e, anteriormente, venceu nomes expressivos como o do próprio Anderson, Derek Brunson, Kelvin Gastelum, Robert Whittaker e Vettori.

“Não é verdade. Isso é o que as pessoas falavam sobre Anderson Silva há anos. O que vem a seguir? Quem é o próximo? Há sempre alguém para ser o próximo. Acredite em mim, haverá alguém que terá um desempenho incrível nos próximos meses e que as pessoas vão querer ver contra Adesanya. Para limpar uma categoria, ele ainda tem algum tempo”, declarou o líder do UFC.

Em sua última aparição no octógono, realizada em março, Adesanya perdeu a invencibilidade no MMA ao se aventurar nos meio-pesados. Na ocasião, o nigeriano tentou conquistar o segundo título pela organização, mas foi controlado por Blachowicz.

Contudo, o número um do peso-médio já revelou que, no futuro, vai subir de categoria. Ao tomar conhecimento do interesse de ‘The Last Stylebender’, Dana sugeriu que o ideal é o atleta confirmar a superioridade na divisão que domina. Inclusive, o cartola citou um lutador que pode ameaçar o reinado de Adesanya nos 84 kg.

“Eu não sei, isso é com ele. Obviamente, ele tem que voltar para os médios, nocautear, mostrar seu domínio de novo para, talvez, voltar. Ou ele tenta se tornar o maior médio de todos os tempos. Veremos o que acontece com Cannonier. Acredite em mim, ainda há muitas lutas excelentes para Adesanya”, concluiu.

No UFC desde 2018, Israel Adesanya venceu todos os seus compromissos no peso-médio, sendo derrotado em sua única experiência entre os meio-pesados, em disputa pelo título da categoria, contra o polonês Jan Blachowicz. Após unificar o cinturão da divisão até 84 kg em outubro de 2019, ao nocautear o então campeão linear Robert Whittaker, o nigeriano teve sucesso em suas duas primeiras defesas de título, diante de Yoel Romero e Paulo ‘Borrachinha’, respectivamente.

Mais em UFC