Siga-nos

UFC

Dana White confirma Glover Teixeira como próximo desafiante ao cinturão dos meio-pesados

Nesta quarta-feira (7), Dana White concedeu uma declaração que aliviou os fãs de MMA brasileiros. Durante participação no podcast do lutador Paddy Pimblett, o presidente do UFC confirmou Glover Teixeira como próximo desafiante ao cinturão dos meio-pesados (93 kg). Sendo assim, a expectativa é de que o veterano encare o vencedor de Jan Blachowicz vs Magomed Ankalaev, que duelam neste sábado (10) pelo título vago da categoria.

Originalmente, Glover estava escalado para liderar o card do UFC 282, com sede em Las Vegas (EUA), em uma revanche contra Jiri Prochazka. No entanto, o então campeão tcheco sofreu uma séria lesão no ombro, deixou o evento e abdicou de seu reinado. Por conta da gravidade da contusão de ‘Denisa’, Dana White prevê ao menos mais duas lutas pelo título até 93 kg sendo realizadas até seu retorno ao esporte – o que, consequentemente, abre espaço para Glover obter um novo ‘title shot’ neste período.

“Ele (Jiri) ainda será visto como campeão. Ele nunca perdeu o cinturão, apenas o vagou. Esses caras vão lutar pelo título. Na verdade, ainda deve haver duas lutas acontecendo antes que ele esteja apto a retornar depois da cirurgia no ombro. 100% (Glover é o próximo). A luta foi oferecida para o Glover. Ele não quis aceitar. Provavelmente serão duas lutas até o Jiri voltar, então seria o Glover (o próximo desafiante)”, declarou o mandatário do Ultimate.

Depois que Prochazka oficialmente deixou o UFC 282, Glover teve a oportunidade de permanecer no evento. No entanto, as negociações entre atleta e organização não avançaram, uma vez que o brasileiro gostaria de realizar uma revanche com Blachowicz, enquanto a liga tinha planos para escalar Ankalaev como seu novo rival. Agora, aos 43 anos, Teixeira aguarda o desfecho do novo ‘main event’ para descobrir quem será, possivelmente, seu próximo adversário na carreira.

Mais em UFC