Siga-nos
Louis Grasse/PxImages

UFC

Dana White admite equívoco no casamento de Nate Diaz vs Khamzat Chimaev

Quando o UFC casou o duelo entre Khamzat Chimaev e Nate Diaz, para liderar o card da edição de número 279, boa parte da comunidade do MMA se mostrou incrédula, principalmente por considerar que o confronto teria um desequilíbrio muito grande dentro do cage, por conta do momento vivido por cada atleta em sua carreira e pela vantagem física do russo. Quis o destino que ‘Borz’ cometesse uma grave falha na balança na véspera do evento, impossibilitando a realização da disputa contra o americano e fazendo com que o Ultimate reprogramasse as três principais lutas do show. Passadas duas semanas do ocorrido, Dana White admite que a mudança foi para melhor.

Após acompanhar in loco mais uma atuação de gala de Chimaev, que no co-main event do UFC 279 precisou de pouco mais de dois minutos de luta para atropelar e finalizar Kevin Holland, Dana admite que o estrago seria maior ainda se o russo tivesse enfrentado o veterano Nate Diaz, que já se encontra em um estágio final da sua carreira. Ao podcast ‘The Action Junkeez’, o presidente do Ultimate reconheceu que houve um equívoco por parte de seus ‘matchmakers’ ao casar, inicialmente, o duelo entre ‘Borz’ e Diaz.

“Depois que você assiste a luta, você percebe que Khamzat vs Nate Diaz teria sido be f*** – aquilo não teria sido nada bom. Khamzat, eu sei que fez os fãs ficaram p*** com ele por não bater o peso e tudo mais, mas Jesus Cristo. O que ele fez com Kevin Holland, você viu Kevin Holland postar a foto do dia seguinte que os olhos dele estavam vermelhos por causa do estrangulamento? Quer dizer, p*** m***”, afirmou Dana White.

Khamzat Chimaev é apontado como uma das grandes promessas de futura estrela do UFC. O russo naturalizado sueco estreou na organização em julho de 2020 e, desde então, venceu os seis combates que disputou no octógono mais famoso do mundo. Por sua vez, Nate Diaz – que venceu Tony Ferguson na luta principal da edição 279 – cumpriu sua última luta do contrato com o Ultimate e ficará livre no mercado para negociar seu futuro.

Mais em UFC