Siga-nos
Natassia del Fischer/PxImages

UFC

Cormier compara Max Holloway a Muhammad Ali após grande atuação no UFC

O show de Max Holloway na luta principal do UFC Fight Island 7 diante de Calvin Kattar ainda permanece no imaginário dos fãs, demais atletas e membros da imprensa especializada. No evento realizado no sábado (16), em Abu Dhabi (EAU), o ex-campeão do peso-pena (66 kg) da organização massacrou o adversário, quebrou recordes individuais da companhia e viu seu nome ganhar força para disputar, novamente, o cinturão da categoria. Se Dana White adiantou que a trilogia entre o havaiano e Alexander Volkanovski, número um da divisão, faz parte dos planos de sua empresa, Daniel Cormier foi além.

Aposentado, o ex-campeão dos meio-pesados (93 kg) e do peso-pesado do UFC atuou como comentarista na edição ‘Fight Island 7’ e elogiou Holloway. Ao participar da transmissão da ‘ESPN’ americana (veja abaixo ou clique aqui), ‘DC’ se mostrou bastante impressionado com o que viu no octógono e, simplesmente, comparou o o peso-pena a Muhammad Ali. Inclusive, o americano cravou que ‘Blessed’ é o melhor atleta da divisão da história e utilizou uma frase da lenda do boxe para ilustrar a atuação do compatriota.

“Esse cara é o maior peso-pena de todos os tempos! E, honestamente, ele parecia Muhammad Ali hoje à noite. Max Holloway estava flutuando e ferroando”, declarou Cormier.

Max Holloway se tornou campeão do peso-pena em 2017, quando nocauteou José Aldo, em pleno Brasil, e defendeu o cinturão ao vencer o mesmo Aldo na revanche, Brian Ortega e Frankie Edgar. O havaiano só perdeu o título em 2019, quando encontrou Alexander Volkanovski. Na ocasião, foi derrotado por decisão unânime e, no segundo embate com o rival, levou a pior por decisão dividida.

Mais em UFC