Siga-nos
Leandro Bernardes / PxImages

UFC

Brandon Moreno admite decepção ao perder chance de disputar título com Deiveson Figueiredo

No dia 21 de novembro, Deiveson Figueiredo fará sua primeira defesa de cinturão do peso-mosca (57 kg) do Ultimate, no UFC 255, que será realizado em Las Vegas (EUA). Inicialmente, o brasileiro estava escalado para encarar Cody Garbrandt no evento, mas o americano se lesionou e foi substituído por Alex Perez. E foi esta alteração que deixou Brandon Moreno, atual número dois do ranking, furioso.

Em entrevista ao site ‘MMA Junkie’, o mexicano revelou que não entendeu porque foi preterido na hora de disputar o cinturão da categoria. Curiosamente, Moreno também vai se apresentar no card UFC 255, mas contra Brandon Royval, que ocupou a vaga deixada justamente por Alex Perez, seu rival de origem.

“Não sei o que aconteceu naquele momento. Quando soube disso, fiquei muito decepcionado, triste até bravo, com raiva, mas não sei explicar o que aconteceu. Para mim, estou apenas tentando ficar realmente focado em meus objetivos”, disse o lutador, antes de justificar sua decepção comparando seu histórico no UFC com Alex Perez.

“Estou tentando ainda ser leal ao UFC, mas a explicação deles não faz sentido para mim, e eu não sei. Alex Perez é um grande lutador, mas todo o recorde dele é contra caras que não estão no ranking. Apenas suas duas lutas contra Benavidez e ‘Formiga’. Ele venceu ‘Formiga’, mas Benavidez matou ele – e eu, até minhas derrotas foram contra os dez melhores lutadores, como Alexandre Pantoja, Sergio Pettis. Mas todas as minhas vitórias, toda a minha carreira no UFC foram contra os dez melhores”, completou.

No MMA profissional desde 2011, Brandon Moreno acumula um cartel de 15 vitórias, cinco derrotas e um empate. O mexicano está no UFC desde 2016 e na sua última apresentação, em março deste ano, derrotou o brasileiro Jussier ‘Formiga’ por pontos.

Mais em UFC