Siga-nos
Diego Ribas / PxImages

Notícias

Confusão! Poirier critica Gaethje por desmerecer cinturão interino do UFC

Após quase duas semanas do UFC 254, um gesto de Justin Gaethje ainda repercute no mundo do MMA. O americano, que acabou superado por Khabib Nurmagomedov na luta principal do show, se recusou a carregar o cinturão interino do peso-leve (70 kg) nos dias que antecederam o confronto, desmerecendo a conquista alcançada em maio deste ano, ao superar Tony Ferguson. E tal postura não demorou a ser criticada.

Em entrevista ao podcast ‘Remember the Show’, Dustin Poirier disparou contra o gesto de Gaethje. Também ex-campeão da categoria e outra vítima finalizada por Khabib Nurmagomedov no octógono, o americano acusou o compatriota de desrespeito.

“Eu sabia que tinha um pouco do título mundial, mas não sou idiota. Também sabia que eu não era o campeão, mas estava grato pelos anos de trabalho, da posição que alcancei e de ter o cinturão interino. Estava orgulhoso”, disse o americano, antes de completar.

“Ver Gaethje dizer que estava com um cinturão falso e recusando carregá-lo foi ruim. Você tem que entender, valorizar a posição que se encontra e ser grato por tudo. Ele poderia ter abraçado o que tem e não agir como um idiota ao jogar o cinturão no chão e dizendo que queria o verdadeiro. Foi muito desrespeitoso. Eu honro e valorizo meu trabalho. É por isso que sempre carreguei o cinturão interino com orgulho. Gaethje poderia ter aproveitado melhor o tempo com ele”, concluiu Poirier.

Dustin Poirier segue como favorito para encarar Conor McGregor, em duelo principal de um evento marcado para o dia 23 de janeiro de 2021. Apesar de Dana White, presidente do UFC, granatir que o combate vai acontecer, ele ainda não foi anunciado pela liga.

Com um cartel de 26 vitórias, seis derrotas e um “No Contest” (luta sem resultado), Dustin Poirier, atual número três do ranking, já teve a chance de ser campeão linear do peso-leve, mas foi derrotado por Khabib Nurmagomedov, no terceiro round, por finalização, em setembro de 2019. Antes desse confronto, o lutador havia derrotado Max Holloway e conquistado o cinturão interino da categoria por pontos. Em sua última apresentação, em junho deste ano, o lutador superou Dan Hooker, por pontos.

Mais em Notícias