Siga-nos
Louis Grasse/PxImages

UFC

‘Borrachinha’ classifica desafio de Chimaev para ‘Poatan’ como oportunista: “Ele é esperto”

Após voltar ao caminho das vitórias ao superar Luke Rockhold, em agosto, em Utah (EUA), Paulo Costa se encontra em destaque no peso-médio (84 kg) do UFC. Apesar das diferenças com a companhia sobre a questão contratual, ‘Borrachinha’ é um dos nomes cotados para disputar novamente o título da divisão e está atento ao cenário dela. Tanto que o brasileiro comentou sobre a possibilidade de Khamzat Chimaev furar a fila da categoria e enfrentar Alex Pereira, campeão dela.

Vale pontuar que, mesmo sendo integrante dos meio-médios (77 kg), Chimaev, número três no ranking da divisão, constantemente desafia ‘Poatan’. O russo até se colocou à disposição para atuar no Brasil, em janeiro, contra o temido striker e o classificou como uma luta fácil. De acordo com ‘Borrachinha’, não é surpreendente ver o rival ter interesse em enfrentar o campeão de uma categoria acima da própria, pois, em seu entendimento, possui clara vantagem no grappling em um possível duelo com Pereira. Inclusive, Paulo destaca que ‘Borz’ sabe onde pisa, porque costuma ignorar seus ataques e provocações em busca do combate com 84 kg e foca apenas no detentor do cinturão.

“Ele é esperto, é inteligente. Acho que se ele luta com Poatan, será um grande problema porque ele não tem grappling. O MMA é muito diferente do kickboxing. Acho que as probabilidades estão contra Poatan se essa luta acontecer. Mas não acho que a luta vai acontecer. Eu gostaria de lutar contra Chimaev. Eu pedi a ele para lutar com ele algumas semanas atrás, mas ele disse, ‘Não, vou ficar nos meio-médios. Não vou para os médios’. Mas ele viu uma grande oportunidade de conquistar o cinturão com facilidade”, declarou o ex-desafiante ao título do UFC, em entrevista ao canal do ‘YouTube’ ‘Submission Radio’.

Paulo Costa, de 31 anos, é um dos principais lutadores brasileiros no UFC. O atleta, dono de um estilo de luta empolgante, ficou conhecido no esporte por conta do poder de seus golpes e de seu porte físico acima da média para atuar no peso-médio. ‘Borrachinha’ iniciou sua trajetória no MMA em 2012 e estreou no Ultimate em 2017. Pela companhia, o mineiro realizou oito combates, venceu seis deles, disputou o título da categoria e perdeu duas vezes. Seus triunfos mais importantes foram sobre Johny Hendricks, Luke Rockhold, Uriah Hall e Yoel Romero.

Mais em UFC