Siga-nos
Natassia del Fischer/PxImages

UFC

Blachowicz faz promessa a Dana e lista motivos para disputar título contra Prochazka

Ex-campeão dos meio-pesados (93 kg) do UFC e atual número dois no ranking da categoria, Jan Blachowicz ainda sonha com uma nova oportunidade de lutar pelo cinturão até 93 kg da organização. Apesar de todos os sinais indicarem que a próxima disputa de título na divisão terá mais uma vez Jiri Prochazka e Glover Teixeira como protagonistas, em uma revanche do duelo realizado em junho, o polonês faz seu papel e tenta de todas as formas convencer o Ultimate a escalá-lo como desafiante, na vaga que parece destinada ao brasileiro.

Depois de alguns pedidos públicos, Blachowicz decidiu intensificar sua campanha por um novo ‘title shot’ e utilizou sua conta oficial no ‘Twitter’ para tentar alcançar diretamente Dana White, presidente do UFC, com sua mensagem (veja abaixo ou clique aqui e aqui). Nela, o polonês enumera os motivos pelos quais deveria ser escalado para enfrentar o atual campeão, Jiri Prochazka, na primeira defesa de título do lutador tcheco pelo Ultimate, e aproveita para cutucar o rival, além de fazer uma promessa ao dirigente máximo da organização.

“Fatos:

– Como o primeiro lutador masculino da Polônia a me tornar campeão do UFC.

– Por causa do meu trabalho, meu nome acumula respeito.

– Nunca fugi de nenhum desafio.

– Eu fui para o UFC para criar grandes momentos para os fãs.

– Eu não estou acabado ainda.”, listou Jan.

“Dana White, sem papo furado, nem política, sem bobagens. Me dê Prochazka e eu te darei a maior luta de MMA na história da Europa. Ao contrário dele, eu sempre cumpro a minha promessa”, disparou o polonês.

Depois de perder o cinturão dos meio-pesados para o brasileiro Glover Teixeira, em outubro do ano passado, Jan Blachowicz voltou ao octógono em maio e, em virtude de uma lesão sofrida por Aleksandar Rakic, saiu vencedor do confronto, se recolocando na corrida por uma disputa de título. Após o triunfo, o polonês foi apontado por Glover e por Prochazka, que viriam a disputar a cinta até 93 kg em junho, como o primeiro da fila pelo ‘title shot’.

Porém, com a vitória de Prochazka sobre Glover nos segundos finais de uma intensa batalha de cinco rounds, na qual o brasileiro levava a melhor na pontuação dos juízes até o desfecho do combate, o UFC, assim como os dois lutadores, passou a considerar uma revanche imediata entre eles, deixando Blachowicz em compasso de espera. Agora, ainda sem a oficialização do segundo duelo entre Jiri e Teixeira, o polonês tenta de todas as formas ‘furar a fila’ e garantir uma nova oportunidade de disputar o cinturão dos meio-pesados do Ultimate.

Mais em UFC