Siga-nos
Louis Grasse/PxImages

UFC

Alexander Volkanovski justifica busca por luta com Charles ‘Do Bronx’ no UFC

Atual campeão peso-pena (66 kg) do UFC, Alexander Volkanovski já deixou claro que gostaria de ter uma oportunidade de lutar pelo título dos leves (70 kg) em sua próxima luta. Caso tenha seu pedido atendido pela organização, o australiano terá, primeiro, que aguardar pela disputa entre Charles ‘Do Bronx’ e Islam Makhachev, válida pelo cinturão da divisão até 70 kg e marcada para o dia 22 de outubro, para ter a definição de seu futuro adversário.

E, apesar de ter seu foco principal no cinturão, Volkanovski não esconde que possui um rival de preferência. Em entrevista ao ‘The MMA Hour’, o australiano admitiu que torce pela vitória de ‘Do Bronx’, por vislumbrar na potencial disputa contra o brasileiro uma luta maior e mais atrativa em termos comerciais e de legado. Além disso, ‘The Great’, como é conhecido, parece enxergar uma brecha no jogo do atleta da ‘Chute Boxe Diego Lima’ que parece querer explorar.

“No final do dia, eu só quero o cinturão (do peso-leve). Qual você acha que é a maior luta? Eu acho que a maior luta é, definitivamente, contra Charles Oliveira. Ele tem muito hype sobre ele. Nós sabemos que vai ser uma luta animada, ele é muito empolgante de assistir. Existe uma razão pela qual ele é tão empolgante de assistir. Obviamente, isso não é um ataque a ele, eu tenho muito respeito por ele, mas eu acho que muitas pessoas não se atentam ao fato de que ele sofre dano. Ele perde boa parte dessas grande e empolgantes lutas. É por isso que elas são empolgantes. Mas, sim, são muito divertidas. Muita gente está exaltando-o, e de novo, eu quero grandes lutas. Eu acho que Charles é, definitivamente, uma luta maior”, afirmou Volkanovski.

Charles ‘Do Bronx’ Oliveira e Islam Makhachev medirão forças na luta principal do UFC 280, no próximo dia 22 de outubro, em duelo válido pelo cinturão peso-leve da organização. Enquanto isso, Alexander Volkanovski – que se recupera de uma lesão – segue sem próximo compromisso agendado após defender o título dos penas pela quarta vez, em julho deste ano, novamente diante do havaiano Max Holloway.

Mais em UFC