Siga-nos
Matt Davies/PxImages

UFC

Alex Poatan acusa Chimaev de recusar luta até 93 kg no UFC Rio

Nesta segunda-feira (28), a rivalidade entre Alex ‘Poatan’ e Khamzat Chimaev ganhou um novo capítulo. Após conquistar o título dos peso-médios (84 kg) do Ultimate e ser desafiado pelo ‘Lobo’ para um duelo no UFC Rio, o campeão brasileiro revelou que aceitou parcialmente a proposta do desafeto, mas com uma condição: um embate na divisão dos meio-pesados (93 kg).

Durante participação no programa ‘The MMA Hour’, Poatan destacou que a contraproposta tem uma explicação simples: corte de peso severo. Na visão do brasileiro, atingir o limite dos pesos-médios novamente em janeiro de 2023, apenas dois meses após sua última luta, seria inviável. Portanto, o kickboxer ofereceu a Khamzat a possibilidade de enfrentá-lo na ‘Cidade Maravilhosa’ com 93 kg.

“Fui até meu empresário e disse: ‘Olha, acabei de fazer um corte de peso duro, não consigo bater (84 kg) para esse (card) agora, mas diga ao UFC que eu o desafio a lutar comigo com 93 kg no Rio. O Chimaev não quis. Ele é um cara grande, (eu também) sou um cara grande, vamos fazer isso nos meio-pesados para não nos preocuparmos com corte de peso. Nós oferecemos (essa luta para ele) com 93 kg no Rio”, revelou Alex.

Carente de duelos que despertem o olhar mais passional do público brasileiro, o UFC Rio cresceria de patamar com a adição de Poatan vs Chimaev. No entanto, a suposta recusa do wrestler russo freou essaa possibilidade. Sendo assim, ao que tudo indica, o retorno de Alex aos octógonos será diante de Israel Adesanya, seu rival de longa data, em uma eventual revanche na próxima temporada.

Mais em UFC