Siga-nos
Natassia del Fischer/PxImages

UFC

Adesanya insiste em plano para acerto de contas com Jon Jones: “Vou atrás dele”

O desfecho do UFC 259 frustrou os planos de Israel Adesanya e da alta cúpula da organização. No evento realizado no dia 6 de março, em Las Vegas (EUA), o campeão do peso-médio (84 kg) desafiou Jan Blachowicz, número um dos meio-pesados (93 kg), acabou derrotado e, com isso, uma possível superluta contra Jon Jones foi descartada. Contudo, ‘The Last Stylebender’ segue com o rival em sua mira.

Em entrevista à ‘ESPN’ americana, Adesanya garantiu que o aguardado embate contra Jones vai acontecer. O campeão do peso-médio também provocou o desafeto ao lembrar dos polêmicos episódios que o mesmo protagonizou na carreira. Constantemente, a dupla troca insultos pelas redes sociais e, não à toa, parte da comunidade do MMA aponta a rivalidade entre Adesanya e Bones como uma das maiores da história do esporte. Ao que parece, o nigeriano está decidido a levar o duelo, até então virtual, para o octógono.

“Este é apenas um obstáculo na minha história. Em qualquer filme ou anime, você passa por dificuldades e se eleva a partir deles. Estou lidando bem com isso (derrota) e sei exatamente o que tenho que fazer para voltar ao meu verdadeiro eu. Essa luta (Jones) não está morta e estou indo atrás dele. Jones sabe e todos nós sabemos o quão falso ele é”, provocou Adesanya, antes de completar.

“Não vai demorar muito para Jones estragar sua vida de novo, se ainda não o fez e varreu para debaixo do tapete. Na última vez, forneci fatos para ele. Agora, estou focado em mim. Ele deve fazer o mesmo, porque sua vida pode estar em ruínas”, concluiu.

Apesar do interesse de Israel Adesanya e Jon Jones na superluta, dificilmente, o choque entre os rivais vai acontecer pelo menos por ora. Após perder para Jan Blachowicz, o nigeriano informou que vai voltar para o peso-médio, categoria que domina. Já o americano vai estrear no peso-pesado contra o vencedor da revanche entre Francis Ngannou e Stipe Miocic, válida pelo UFC 260.

Mais em UFC