Siga-nos
Divulgação/UFC

Suspensão Médica

Israel Adesanya pega seis meses de suspensão médica após derrota no UFC 259

Quatro lutadores presentes no card do UFC 259, realizado no último sábado (6), em Las Vegas (EUA), receberam 180 dias de suspensão médica preventiva, em razão de possíveis lesões graves sofridas no evento. Entre eles, o campeão peso-médio (84 kg) Israel Adesanya, que acabou derrotado por Jan Blachowicz na luta principal da edição, em duelo válido pelo cinturão dos meio-pesados (93 kg) do Ultimate.

Com uma suspeita de lesão no tornozelo esquerdo, o nigeriano precisará passar por exames de imagem específicos e ser liberado por um ortopedista caso queira retornar ao octógono antes do prazo de seis meses estipulado pela Comissão Atlética. Em situação semelhante a de Adesanya estão Megan Anderson, Aleksandar Rakic e Jordan Espinosa. As informações sobre as suspensões médicas foram obtidas através do site ‘MixedMartialArts.com’.

Finalizada pela campeã Amanda Nunes, em disputa pelo cinturão peso-pena (66 kg) do Ultimate, Megan Anderson também precisará de liberação médica se quiser voltar a competir antes do período de gancho programado. Vale lembrar que a australiana não possui mais contrato com o UFC e encontra-se livre no mercado após a luta do último sábado.

O meio-pesado Aleksandar Rakic, que venceu o brasileiro Thiago ‘Marreta’ por pontos, saiu do evento com uma suspeita de lesão no tornozelo direito e, por isso, levou 180 dias de suspensão médica. Assim como Jordan Espinosa, que foi derrotado por Tim Elliott no card preliminar do UFC 259, e terá que obter a liberação de um especialista caso queira encurtar o período afastado das competições.

Lista completa das suspensões médicas do UFC 259:

Jan Blachowicz: suspenso por 30 dias;
Israel Adesanya: suspenso por 180 dias ou até ser liberado por um médico. Suspensão mínima de 45 dias;
Amanda Nunes: sem suspensão;
Megan Anderson: suspensa por 180 dias ou até ser liberada por um médico. Suspensão mínima de 30 dias;
Petr Yan: sem suspensão;
Aljamain Sterling: suspenso por 60 dias;
Islam Makhachev: sem suspensão;
Drew Dober: sem suspensão;
Thiago ‘Marreta’: suspenso por 21 dias;
Aleksandar Rakic: suspenso por 180 dias ou até ser liberado por um médico. Suspensão mínima de 30 dias;
Dominick Cruz: suspenso por 30 dias;
Casey Kenney: suspenso por 30 dias;
Song Yadong: suspenso por 21 dias;
Kyler Phillips: suspenso por 30 dias;
Joseph Benavidez: suspenso por 45 dias;
Askar Askarov: sem suspensão;
Rogério Bontorin: suspenso por 45 dias;
Kai Kara-France: sem suspensão;
Tim Elliott: suspenso por 30 dias;
Jordan Espinosa: suspenso por 180 dias ou até ser liberado por um médico. Suspensão mínima de 30 dias;
Kennedy Nzechukwu: suspenso por 30 dias;
Carlos Ulberg: suspenso por 45 dias;
Sean Brady: sem suspensão;
Jake Matthews: suspenso por 30 dias;
Livinha Souza: suspensa por 45 dias;
Amanda Lemos: sem suspensão;
Uros Medic: sem suspensão;
Aalon Cruz: suspenso por 45 dias;
Mario Bautista: suspenso por 45 dias;
Trevin Jones: sem susepnsão.

Mais em Suspensão Médica