Siga-nos
Louis Grasse/PxImages

Salários

Adesanya lidera lista de salários do UFC 263; Deiveson é o 4º atleta mais bem pago

Principal protagonista do UFC 263, realizado no último dia 12 de junho, Israel Adesanya foi o atleta mais bem pago a se apresentar no evento. Já o brasileiro Deiveson Figueiredo, que atuou no co-main event da noite, ficou com a quarta colocação na lista de maiores salários da edição. As informações foram obtidas pelo site ‘MMA Junkie’ junto ao Departamento de Jogos do Arizona, entidade responsável por regulamentar o card do Ultimate promovido em Phoenix (EUA).

De acordo com os números divulgados pela entidade reguladora, o campeão peso-médio (84 kg) Adesanya levou para casa 500 mil dólares (cerca de R$ 2,5 milhões) apenas para se apresentar diante do desafiante Marvin Vettori na luta principal do show. O italiano, por sua vez, recebeu um salário base de 350 mil dólares (R$ 1,7 milhão).

Já o agora ex-campeão peso-mosca (57 kg) Deiveson Figueiredo, que foi derrotado no co-main event do UFC 263 por Brandon Moreno, teve uma bolsa de 210 mil dólares (aproximadamente R$ 1 milhão), sendo superado na lista de mais bem pagos da edição por Nate Diaz, que embolsou 250 mil dólares (R$ 1,2 milhão) para encarar Leon Edwards.

Os valores divulgados pelo Departamento de Jogos do Arizona não incluem algumas deduções, como licença, imposto e seguro, assim como não contém possíveis bônus por vitória ou desempenho, acordos ‘velados’, recompensas de patrocínio e porcentagem de vendas no pay-per-view, que podem elevar significativamente a bolsa completa recebida por um atleta.

Confira a lista completa de salários do UFC 263:

Israel Adesanya: 500 mil dólares (cerca de R$ 2,5 milhões);
Marvin Vettori: 350 mil dóalres (cerca de R$ 1,7 milhões);
Deiveson Figueiredo: 210 mil dólares (cerca de R$ 1 milhão);
Brandon Moreno: 100 mil dólares (cerca de R$ 501 mil);
Nate Diaz: 250 mil dólares (cerca de R$ 1,2 milhão);
Leon Edwards: 110 mil dólares (cerca de R$ 551 mil);
Belal Muhammad: 80 mil dólares (cerca de R$ 401 mil);
Demian Maia: 175 mil dólares (cerca de R$ 878 mil);
Paul Craig: 55 mil dólares (cerca de R$ 276 mil);
Jamahal Hill: 28 mil dólares (cerca de R$ 140 mil);
Brad Riddell: 40 mil dólares (cerca de R$ 200 mil);
Drew Dober: 87 mil dólares (cerca de R$ 436 mil);
Eryk Anders: 75 mil dólares (cerca de R$ 376 mil);
Darren Stewart: 45 mil dólares (cerca de R$ 225 mil);
Lauren Murphy: 70 mil dólares (cerca de R$ 351 mil);
Joanne Calderwood: 51 mil dólares (cerca de R$ 255 mil);
Movsar Evloev: 36 mil dólares (cerca de R$ 180 mil);
Hakeem Dawodu: 55 mil dólares (cerca de R$ 276 mil);
Pannie Kianzad: 28 mil dólares (cerca de R$ 140 mil);
Alexis Davis: 43 mil dólares (cerca de R$ 215 mil);
Terrance McKinney: 12 mil dólares (cerca de R$ 60 mil);
Matt Frevola: 23 mil dólares (cerca de R$ 115 mil);
Steven Peterson: 23 mil dólares (cerca de R$ 115 mil);
Chase Hooper: 37 mil dólares (cerca de R$ 185 mil);
Fares Ziam: 14 mil dólares (cerca de R$ 70 mil);
Luigi Vendramini: 15 mil dólares (cerca de R$ 75 mil);
Carlos ‘Boi’: 25 mil dólares (cerca de R$ 125 mil);
Jake Collier: 28 mil dólares (cerca de R$ 140 mil).

Mais em Salários