Siga-nos
Leandro Bernardes/PxImages

Ranking

Moreno dispara no ranking peso-por-peso do UFC; Malhadinho entra no top 15 dos pesados

Os resultados do UFC 283, realizado na ‘Jeunesse Arena’, no Rio de Janeiro (RJ), provocaram diversas mudanças significativas na mais recente atualização semanal dos rankings da organização, muitas delas envolvendo brasileiros ou lutadores que superaram atletas tupiniquins na noite do último sábado (21). Um dos maiores beneficiados, sem sombra de dúvidas, foi o mexicano Brandon Moreno, que venceu Deiveson Figueiredo na luta co-principal do show e conquistou o cinturão linear do peso-mosca (57 kg).

Se antes o mexicano ocupava a última posição no top 15 do ranking peso-por-peso masculino do Ultimate, depois de superar seu arquirrival brasileiro e retomar o posto de rei da divisão até 57 kg da liga, Moreno subiu seis degraus e agora é o 9º colocado na classificação que engloba todos os atletas do plantel, independentemente da categoria em que cada um compete.

Por sua vez, o ‘Deus da Guerra’, derrotado e destronado, caiu para a 15ª colocação na mesma lista, que também ganhou um novo integrante: o americano Jamahal Hill, que foi coroado como novo campeão dos meio-pesados (93 kg) após superar o mineiro Glover Teixeira na luta principal do UFC 283.

Mas não foram só os estrangeiros que se deram bem na nova atualização dos rankings do UFC após o evento de sábado. O peso-pesado Jailton ‘Malhadinho’, por exemplo, garantiu uma vaga no top 15 da divisão após derrotar de forma dominante o russo Shamil Adurakhimov. O baiano, considerado uma das grandes promessas do MMA nacional, agora aparece no 14º lugar na classificação da sua categoria.

Outro membro do ‘esquadrão brasileiro’ a subir valiosos degraus depois de se destacar no UFC Rio foi Johnny Walker. O carioca, que nocauteou Paul Craig no sábado, ganhou quatro posições e passou a ocupar a 8ª posição entre os meio-pesados. Já Gilbert ‘Durinho’, mesmo com a vitória por finalização sobre Neil Magny, segue na mesma posição de antes no ranking dos meio-médios (77 kg), o 5º lugar.

O caso mais curioso da nova atualização baseada nos resultados do UFC 283 ficou por conta da movimentação de Jéssica Andrade nas duas divisões onde está ranqueada. ‘Bate-Estaca’, ex-campeã peso-palha (52 kg), deu um show contra Lauren Murphy e venceu por decisão unânime dos juízes, o que lhe rendeu uma subida de volta ao top 3 do peso-mosca (57 kg) feminino, já que o combate contra a americana foi disputado nesta categoria. Porém, inexplicavelmente, a atleta da equipe ‘PRVT’ perdeu posições na classificação da divisão até 52 kg, mesmo com a vitória e sem ter atuado nesta classe de peso, caindo para o 6º lugar.

Mais em Ranking