Siga-nos

Notícias

‘Zuluzinho’ revela que deve participar de novo duelo de tapas na cara após pandemia

Figura carimbada do cenário do MMA brasileiro desde o início do século, Wagner da Conceição Martins, mais conhecido como ‘Zuluzinho’, retornou às manchetes na última semana, ao ser divulgado o vídeo de sua participação em uma competição de ‘tapas na cara’, realizada na Rússia. Em entrevista exclusiva à reportagem da Ag. Fight, o lutador explicou como surgiu a proposta para participar do torneio e contou o que achou da experiência inusitada.

Gravado na Rússia, há pouco mais de um mês, o torneio promoveu o duelo entre ‘Zuluzinho’, apresentado como um atleta que já enfrentou o ídolo local Fedor Emelianenko, e Vasily Kamotsky, anunciado como o grande campeão desse tipo de modalidade. Depois de alternarem golpes potentes, os dois competidores decidiram pelo empate e, consequente, divisão do prêmio máximo, no valor de 75 mil rublos russos (cerca de R$ 5 mil). A competição parece ter empolgado o brasileiro, que revelou à Ag. Fight que deve retornar à Rússia assim que a pandemia do novo coronavírus der uma trégua para desempatar o placar contra o rival.

“Eu tenho um contrato com a Fight Nights Global na Rússia, e o presidente do evento entrou em contato comigo e me fez a proposta. Perguntou se eu não queria representar o Brasil no campeonato de tapa na cara. Eu aceitei. E olha que peguei o campeão atual de lá”, explicou ‘Zuluzinho’, antes de completar.

“A experiência foi uma loucura. Não tem comparação com o MMA. No MMA você pode se defender, desviar, levantar a guarda. E no tapa na cara você não pode se mexer, tem que esperar o tapa quietinho (risos). Senão é desclassificado. É bizarro, mas vou voltar depois dessa pandemia. Está confirmado o desempate. Deve ser em junho ou julho. Vou lutar (MMA) na Rússia também, no Fight Nights Global”, revelou o veterano.

A pandemia do COVID-19 por pouco não deixou o brasileiro ‘preso’ na Rússia. Poucos dias após o seu retorno ao Brasil, o país presidido por Vladimir Putin decretou o fechamento de suas fronteiras como forma de combater a propagação da doença, fato que inclusive retirou Khabib Nurmagomedov, campeão peso-leve do Ultimate, do card do UFC 249, marcado para o dia 18 de abril e adiado posteriormente, sem definição de nova data por enquanto. O momento delicado mudou a rotina da maioria das pessoas do planeta, e com ‘Zuluzinho’ não foi diferente.

“Estou em casa já. A Rússia ainda não tinha fechado as fronteiras por causa da pandemia. Quando saí do país estava tudo tranquilo, agora que espalhou de uma forma descontrolada. Essa pandemia mudou muito a minha rotina. Estou mais precavido, lavando as mãos com sabão, álcool em gel e ficando dentro de casa, como manda a recomendação. Já estou há quase um mês no Brasil”, contou.

Filho do lendário ‘Rei Zulu’, ‘Zuluzinho’, de 41 anos, iniciou sua trajetória no MMA profissional em 2003. Desde então, o veterano acumulou 14 vitórias, nove derrotas e um ‘no contest’ (luta sem resultado) em seu cartel.

Mais em Notícias