Siga-nos

Notícias

Treinador sugere superluta para que Georges St-Pierre desista da aposentadoria

Georges St-Pierre é ex-campeão dos meio-medios e dos médios do UFC- Diego Ribas

Considerado como um dos maiores lutadores de MMA de todos os tempos, Georges St-Pierre – ex-campeão meio-médio (77 kg) e peso-médio (84 kg) do Ultimate – anunciou sua aposentadoria em fevereiro deste ano. No entanto, Firas Zahabi, seu treinador, ainda parece confiar que o canadense possa mudar de opinião e retornar ao octógono do UFC, ao menos uma vez.

Ao podcast ‘The Joe Rogan Experience’, Zahabi revelou que ‘GSP’ mantém sua rotina de treinos na academia, mesmo aposentado. De acordo com o treinador, a paixão do ex-campeão pelo esporte, aliado ao seu espírito competitivo, são razões que o fazem crer em um possível retorno do canadense aos octógonos. Questionado sobre qual desafio faria St-Pierre desistir de sua aposentadoria, Firas apontou para uma superluta contra Khabib Nurmagomedov, atual detentor do cinturão da categoria até 70 kg do UFC.

“(St-Pierre ainda treina) O tempo todo. Ele é uma máquina. Esse homem pode matar qualquer um, ele é o maior artista marcial do mundo. É um monstro. Eu estava treinando com ele no sábado. Ele adora treinar. No sábado ele treinou, finalizou todos os seus rounds, e depois ensinou alguns faixas-azuis e faixas-roxas, apenas passando um tempo com eles, falando de técnicas. O cara ama essas coisas”, contou Firas Zahabi, antes de comentar sobre uma possível volta de ‘GSP’ ao UFC.

“Eu não quero falar por ele, mas eu acho que algo que o motivaria seria uma megaluta. Ele não quer ser o campeão novamente e lutar a cada três, quatro meses. Isso acabou, não vai acontecer mais. Mas uma megaluta. Convide-o para uma megaluta e veja se consegue convencê-lo, porque ele é um competidor. Ele ainda está treinando, ainda está em forma, rasgado, e lutando. Ele pode fazer cinco rounds, talvez não imediatamente, mas ele só precisa de algumas semanas e ele estará fazendo cinco rounds. Ele está perto disso, ele pode entrar em forma de luta. É um monstro”, declarou o treinador do canadense.

Mesmo antes de pendurar as luvas, Georges St-Pierre já havia demonstrado interesse em encarar Khabib Nurmagomedov em uma superluta. O canadense inclusive já deixou claro que só repensaria sua aposentadoria caso o UFC lhe oferecesse um combate que acrescentasse algo ao seu legado como lutador. Entretanto, a organização, aparentemente, tem outros planos para a carreira do campeão peso-leve e um possível duelo entre os atletas parece distante de se concretizar. Caso o Ultimate mude de ideia, Firas Zahabi sugeriu que o confronto entre o canadense e o russo ocorra em peso-casado, até 75 kg.

Mais em Notícias