Siga-nos
georges st-pierre

Notícias

St-Pierre exalta pioneiros do MMA e coloca Royce Gracie no seu top 5

Georges St-Pierre é considerado um dos melhores lutadores da história – Diego Ribas

Discussão frequente em todos os esportes, as famosas listas de melhores atletas a terem praticado determinada modalidade sempre causam curiosidade e, ao mesmo tempo, controvérsia. Muitas vezes, figuras de extrema importância no passado distante podem ser ‘esquecidas’ ou deixadas de lado, em favor de escolhas mais atuais, onde a maior exposição vista hoje em dia e a memória recente ajudam a beneficiar competidores mais jovens.

Talvez por isso, Georges St-Pierre tenha feito questão de mesclar as eras das escolhas para o seu top 5 lutadores de todos os tempos. Ao podcast ‘MMA Hoje’, o canadense – ex-campeão dos meio-médios (77 kg) e médios (84 kg) do UFC – selecionou Royce Gracie, vencedor dos primeiros torneios realizados pelo Ultimate e um dos principais responsáveis pelo sucesso inicial da competição, como o GOAT (sigla em inglês para ‘melhor de todos os tempos’), além de citar outros nomes fundamentais nos primórdios da introdução do esporte nos Estados Unidos.

Sem poder se incluir na lista, ‘GSP’ ainda elegeu BJ Penn, Anderson Silva, Jon Jones e Demetrious Johnson em sua lista. Ciente da evolução do esporte, o canadense admitiu a superioridade dos atletas atuais em relação aos do passado, mas ressaltou o papel feito pelos pioneiros do MMA para justificar algumas de suas seleções.

“Se você me pedir para fazer o meu top 5, com certeza eu tenho que colocar Royce Gracie como número um. Royce Gracie conquistou e fez na sua época coisas que ninguém tinha feito, na sua época. Claro, se você o colocar no octógono agora, é um jogo diferente, mas como (Albert) Einstein disse: ‘Nós estamos sobre os ombros de gigantes’. Por causa do que Royce Gracie fez, Ken Shamrock, Mark Coleman, e todos aqueles caras, Marco Ruas, nós desenvolvemos nossas técnicas os assistindo. E por causa do que eles fizeram, nós atingimos um certo nível. Os lutadores de hoje são melhores do que os lutadores de ontem, e os lutadores de amanhã serão melhores do que os de hoje. É assim que as coisas são. Nós não devemos esquecer nossos pioneiros. Royce Gracie e todos aqueles caras”, destacou St-Pierre, antes de continuar.

“Então, Royce Gracie é o número um, eu diria que o Anderson Silva é o número dois. Jon Jones é o terceiro, é claro. BJ Penn está lá, número quatro, e Demetrious Johnson pode ser o quinto. E existem muitos caras que estão competindo hoje, como Khabib Nurmagomedov, nunca perdeu. Ele é muito bom. Israel Adesanya também nunca perdeu, Kamaru Usman é muito bom também. Existem muitos caras no caminho para atingir essa discussão sobre o GOAT também”, finalizou o ex-campeão do UFC.

Mais em Notícias