Siga-nos
Reprodução/ Twitter

Notícias

Promessa do Bellator mostra interesse em enfrentar os melhores pesos-penas do UFC

Não é só o UFC que possui grandes promessas do MMA. Outros nomes tão bons quanto integram as demais organizações e o Bellator possui seus valores. Um deles é A.J. McKee. O talentoso americano está invicto no MMA, é um dos finalistas do GP do peso-pena (66 kg) da organização e é visto por boa parte dos fãs como um dos poucos atletas que podem ameaçar o reinado do campeão Patrício ‘Pitbull’. O ‘Mercenário’, como o lutador é conhecido, mostrou ter consciência do status que possui e não escondeu sua ambição.

Em entrevista ao site ‘MMA Junkie’, McKee analisou seu futuro no MMA e garantiu estar preparado para alcançar o estrelato no esporte. Vale lembrar que o americano ainda possui mais duas lutas em seu contrato com o Bellator, porém seu nome já é ligado ao UFC. Inclusive, a promessa do peso-pena manifestou o interesse de atuar pela organização de Dana White no futuro e citou três grandes nomes da categoria como adversários ideais. Confiante em suas habilidades, o ‘Mercenário’ se intitulou de Floyd Mayweather da modalidade.

“Você sabe como os contratos funcionam. Eles têm cláusulas, mas vamos conversar depois deste torneio. Depois que eu nocautear ‘Pitbull’ e chocar o mundo, isso vai me dar muita vantagem. Sou o Mayweather do MMA, então estou tentando ganhar o dinheiro de Floyd e sair invicto. Eu não posso esperar. Estou olhando para o UFC e adoraria enfrentar aqueles caras. Ortega me pegou em um triângulo quando eu tinha 19 anos e tenho que encontrar aquele garoto de novo. Ele, Holloway e Volkanovski são os que assisto. Se você não está entre os três primeiros, não me importo. Essa é a minha mentalidade. Por que me importaria? Esta é a nova era e estou vindo com força. No fim, não vou lutar contra eles. Eles é que vão lutar comigo”, declarou McKee.

A.J. McKee, de 25 anos, é filho do veterano Antônio McKee, ex-lutador de MMA, e, mesmo com a pouca idade, já é um veterano do esporte e também um dos símbolos do Bellator. O atleta iniciou sua carreira em 2015, disputou 17 lutas em sua trajetória e venceu todas, sendo seis por nocaute, outras seis por finalização e cinco por decisão. A curiosidade é que todos os embates foram realizados pela companhia de Scott Coker.

Mais em Notícias