Siga-nos

Notícias

PFL cancela temporada 2020 por conta da pandemia do coronavírus

Inicialmente obrigado a adiar o início de suas competições em 2020, o PFL decidiu tomar uma decisão drástica em virtude da pandemia do novo coronavírus. Em comunicado oficial divulgado em suas redes sociais (veja abaixo ou clique aqui), a liga anunciou a suspensão por completo da temporada deste ano. O site da emissora americana ‘ESPN’ foi o primeiro a dar a informação.

De acordo com o comunicado, o PFL – que trabalha com o formato de torneios por temporada, onde o vencedor de cada categoria leva o prêmio de um milhão de dólares (cerca de R$ 5,2 milhões) ao final do ano – pretende retomar suas atividades em 2021. Enquanto isso, os atletas que estiverem sob contrato com a liga receberão uma remuneração mensal, de acordo com Peter Murray, CEO da entidade. Além disso, a organização pretende oferecer uma “nova programação” não especificada aos fãs durante o restante do ano de 2020 em suas plataformas de transmissão.

“Em virtude da pandemia do COVID-19, o Professional Fighters League (PFL) remarcou nossa temporada 2020 até a primavera de 2021. (…) A missão do PFL é desenvolver e evoluir o esporte de MMA, e nós estamos ansiosos para organizar nosso original formato de temporada com temporada regular, playoff e eventos das finais nas plataformas da ESPN no próximo ano. (…) Pelo resto de 2020, o PFL vai amparar nossos lutadores com uma remuneração mensal em dinheiro para ajudar a fornecer algum alívio durante esses tempos desafiadores. Em adição, para os fãs de esporte, que nós sabemos que estão procurando por conteúdo interessante, o PFL vai entregar nova programação original através das plataformas da ESPN e do PFL”, anunciou o PFL em seu comunicado.

Recentemente, o PFL havia concretizado a contratação do canadense Rory MacDonald, ex-campeão meio-médio (77 kg) do Bellator e ex-desafiante ao cinturão da categoria no UFC, que chegaria para ser uma das principais estrelas da companhia. Além dele, a liga conta também com a ex-judoca bicampeã olímpica Kayla Harrison, vencedora da temporada 2019 no peso-leve (70 kg) feminino, e o brasileiro Natan Schulte, bicampeão do torneio nas temporadas 2018 e 2019, na divisão até 70 kg masculina.

Mais em Notícias