Siga-nos
Louis Grasse / PX Images

Notícias

Paulo Borrachinha é o 7º lutador do UFC mais testado pela USADA em 2021; veja lista

Parceira do UFC desde 2015 e responsável por regulamentar os testes antidoping dos atletas, a USADA (agência americana antidoping) divulgou os números de exames do último ano. De acordo com informações do seu site oficial, cerca de 744 atletas foram testados em 2021 e alguns competidores receberam a visita dos agentes em mais de uma oportunidade.

Dentre os mais testados, apenas um brasileiro ficou na lista divulgada pela entidade. Trata-se de Paulo ‘Borrachinha’, que foi convocado a fazer 23 exames e ficou na sétima colocação do seleto grupo. O peso-médio (84 kg) é sempre alvo dos seus adversários sob a acusação de usar alguma substância proibida – no entanto, o lutador nunca foi flagrado com alguma irregularidade.

Além de ‘Borrachinha’, grandes nomes da organização também foram testados mais de 20 vezes. O americano TJ Dillashaw, ex-campeão do peso-galo (61 kg) e que retornou ao UFC após suspensão de dois anos ao ser flagrado por uso de substâncias proibidas, enfrentou por 25 vezes a bateria de exames dos membros da USADA, e passou limpo em todos.

O lutador que liderou o ranking com mais testes da USADA foi Misha Cirkunov. O meio-pesado do Ultimate foi examinado 27 vezes e não teve nenhum resultado positivo.

Confira a lista completa abaixo:

Misha Cirkunov – 27 testes
Ottman Azaitar – 26 testes
TJ Dillashaw – 25 testes
Abu Azaitar, Dricus Du Plessis e Miesha Tate – 24 testes cada
Paulo ‘Borrachinha’ – 23 testes
Charlie Ontiveros – 19 testes
Askar Mosharov – 18 testes
Jairzinho Rozenstruik – 17 testes

Mais em Notícias